NFT: tendência ou hype? Entendendo um pouco mais sobre os Non-Fungible Tokens

O boom nesse mercado veio após várias celebridades investirem quantias exorbitantes para adquirirem algum tipo de NFT

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores
arrow_forwardMais sobre
nft

Você provavelmente já ouviu falar sobre um dos novos hypes do mundo digital: os NFTs. Esses Tokens Não Fungíveis, tradução para Non-Fungible Token, têm aparecido cada vez mais nas redes sociais. O boom veio após várias celebridades investirem quantias exorbitantes para adquirirem algum tipo de NFT. Neymar, por exemplo, pagou R$6 milhões em um NFT da coleção Bored Ape Yacht Club, no início de 2022.

Por mais que isso tenha se tornado cada vez mais comum, é importante ir um pouco mais a fundo no tema. Afinal, a febre dos NFTs é tendência ou só mais um hype da era digital? Vou te dizer o que eu penso sobre isso.

Pra começar, o que é NFT?

Um token não fungível é um token criptográfico que representa algo único. Entretanto, diferente das criptomoedas, como o Bitcoin, e de vários outros tokens utilitários, os NFTs não são intercambiáveis.

E o que isso quer dizer? Um item fungível, como o dinheiro, pode ser trocado por outro. Uma cédula de dinheiro pode ser trocada por outra de mesmo valor, ou até por outras que somem o mesmo valor. Entretanto, os NFTs são como “obras de arte” únicas, específicas e individuais. Sendo assim, insubstituível.

Mas é só isso? Não, eles são usados para criar a ideia de escassez digital verificável. Assim, como propriedade digital e a possibilidade de operar ativos através de diversas plataformas. Ou seja, os NFTs são usados em vários aplicativos que requerem itens digitais exclusivos para acesso, como arte criptográfica, cripto-colecionáveis e jogos criptografados.

Tendência? Eu acho que não!

A ideia até parece interessante, mas tratar como uma tendência a longo prazo? Acho que não. E existem alguns pontos que eu gosto de ressaltar é que precisamos ter atenção antes de apostar em um hype.

Princípios que devemos ter atenção sobre NFTs

O primeiro ponto de atenção é entender quem está falando sobre isso. Afinal, você não deve confiar em tudo que sai da boca de quem vive de falar sobre o que você tem que fazer. O hype do NFT fez com que muitas personalidades quisessem falar sobre o assunto, e com isso, todos tentam ser um pouco especialistas.

Outro ponto é que foram raras as vezes em que quem adotou e criou uma tecnologia cedo, foi quem conquistou o mercado no longo prazo. Ou seja, sobrevive a longo prazo quem adotar uma tendência na hora certa, dentre vários outros aspectos.

Desmistificando as possíveis aplicações dos NFTs

Há quem defenda que os NFTs são uma nova forma de fazer arte. Arte é arte, e isso significa que toda ou qualquer forma de expressão pode ter conotação artística, se essa for a intenção do autor. Entretanto, sabemos que só o fator artístico não é o suficiente para justificar todo esse hype.

Outro aspecto é a questão de acesso e exclusividade. Já existem milhões de outras formas e tecnologias para garantir acessos exclusivos para quem está disposto a pagar por isso. Ou seja, não há nenhuma novidade até aqui.

Mais um mito que tenta justificar esse hype diz respeito ao uso como documento oficial de propriedade. Entretanto, em um cenário online isso até pode funcionar, mas tentar justificar essa propriedade para o governo é a mesma coisa que nada.

Por último, uma dúvida que envolve o assunto e que eu quero esclarecer de uma vez por todas: NFT não tem nada a ver com Bitcoin! A criptomoeda tem tanto poder pelo fato de ser descentralizada, diferente das demais. Assim, é por isso que enquanto o Bitcoin mostra um potencial de crescimento, as outras criptos tendem a zero no longo prazo.

NFT? Não Force Tanto… cuidado com os hypes

Sim, é um fato que por hora NFT está em alta, e sabemos disso pois todos estão falando o tempo todo. Entretanto, é justamente por isso que é preciso tomar cuidado. Afinal, quem está falando sobre? Quais os interesses em tentar fazer um hype ainda maior sobre o assunto?

Isso não quer dizer que o NFT não vá se consolidar ao longo prazo. Mas por hora, é importante entender a verdade nua e crua, que talvez nem todos estejam falando sobre. Ou seja, Não Force Tanto em achar que os NFTs são a tendência que vai regular o mercado daqui para a frente. Busque sempre entender todos os lados sobre o que está surgindo, entendendo melhor se é uma tendência a longo prazo, ou um hype de momento.

Dener Lippert

Dener Lippert é CEO e fundador da V4 Company, maior rede de assessoria de marketing digital do país, autor do best-seller "Cientista do Marketing" e colunista do InfoMoney. Dener tem apenas 27 anos, mas já figura entre os principais empreendedores do país: está na lista da Forbes Under 30 de 2021, fundou a V4 Company com apenas 18 anos (na cozinha da casa de sua mãe) e hoje já tem mais de 150 franquias em todo o país, com uma base de 2 mil clientes ativos. Já passaram pelo portfólio da marca empresas como Dell, Melissa, Wizard, Spotify, Lojas Lebes, Colchões Ortobom, Mobills, Wise Up e Smart Fit. Recentemente a V4 Company anunciou sociedade com o Grupo Dreamers, holding detentora de 16 marcas, entre elas Artplan e Rock In Rio. Dener Lippert também é host do ROI Hunters, podcast de marketing do InfoMoney com foco em assuntos ligados a growth, marketing digital e business.