RADAR INFOMONEY AO VIVO CIEL3: a maior alta do ano no Ibov; e mais: Datafolha aponta liderança de Lula no 1º turno

CIEL3: a maior alta do ano no Ibov; e mais: Datafolha aponta liderança de Lula no 1º turno

Como Anitta influencia o marketing digital?

Estar atento ao que ela faz é essencial para entender estratégias e tirar insights

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores
arrow_forwardMais sobre
(Alexander Tamargo/Getty Images for Univision)

A artista e empresária Anitta é um dos maiores cases de sucesso em marketing moderno.

Você não precisa gostar dela, nem das músicas que ela canta. Contudo, estar atento ao que ela faz é essencial para entender estratégias de marketing ou até tirar insights para ideias completamente diferentes.

Se você não entende a relação que uma das maiores artistas brasileiras em nível global tem com a V4, a maior assessoria de marketing digital do Brasil, você vai ficar surpreso (vale lembrar que a Anitta não é sócia nem investidora V4).

Escutar Anitta vai além de curtir a música

Primeiramente, é preciso entender que a Anitta hoje é a principal personalidade brasileira em nível mundial. Tudo o que ela faz ou deixa de fazer é notícia – e tudo o que ela promove vende.

Dessa forma, todo lançamento de música, clipe ou qualquer outro produto relacionado à cantora envolve sempre uma grandiosa jogada de marketing. Seja com engajamento, divulgação ou parcerias inesperadas, Anitta sempre dá um jeito de fazer com que suas aparições sejam lembradas.

Assim, se você gosta ou não gosta é indiferente. O certo é que você vai se perguntar em algum momento: “como essa mulher chegou a esse patamar?”. E essa resposta vai muito além do talento para cantar e dançar da artista.

Mas como eu vou entender sobre marketing escutando Anitta?

Logicamente, não veremos a artista falando sobre tráfego e nem ensinando a gerir campanhas. Entretanto, isso não quer dizer que ela não esteja dando lições de marketing digital a todo momento.

Para exemplificar melhor isso, trago quatro lições que a artista nos fez perceber dentro do marketing digital:

Quem não é visto não é lembrado

Desde o início da carreira, Anitta percebeu a importância de estar sob os holofotes. Por isso, fez clipes, músicas, aparições em programas, shows e muitas outras aparições em diferentes lugares e formatos.

Só em 2019, a cantora lançou 27 clipes. Ou seja, foram mais de 2 clipes por mês, que fizeram com que ela fosse a segunda artista mais ouvida no Brasil naquele ano, assim como a brasileira mais seguida no Instagram em 2020.

Conhecimento do público-alvo

A artista sabe muito bem quem é o público que ela quer atingir e como. É por isso que desde o início de sua carreira vemos um movimento constante do estilo musical da cantora, que hoje figura entre o funk e o pop.

Parcerias estratégicas são essenciais

Você conhece o conceito de co-branding? Essa estratégia é utilizada quando duas marcas ou empresas unem esforços para aumentar sua visibilidade e audiência. No caso, a Anitta soube escolher suas parcerias, e assim, atingir diferentes públicos e estilos musicais.

Trabalhar seu storytelling é indispensável

O storytelling é uma ótima forma de trabalhar seu marketing de conteúdo, e assim, engajar e fidelizar seu público com histórias que envolvem sentimento e emoções.

No caso da Anitta, a cantora sempre fez questão de mostrar sua história a partir de entrevistas exclusivas, redes sociais e até um documentário na Netflix.

E como isso influencia a V4 Company?

Simples, por meio do consumo de todo esse conteúdo gerado pela artista e suas formas de divulgação, nós encontramos ideias que às vezes vão até na direção oposta.

Entretanto, acompanhar o fenômeno Anitta (e até outras personalidades) expõe ideias que funcionam em diferentes nichos de mercado e, assim, agregam no marketing digital.

Dener Lippert

Dener Lippert é CEO e fundador da V4 Company, maior rede de assessoria de marketing digital do país, autor do best-seller "Cientista do Marketing" e colunista do InfoMoney. Dener tem apenas 27 anos, mas já figura entre os principais empreendedores do país: está na lista da Forbes Under 30 de 2021, fundou a V4 Company com apenas 18 anos (na cozinha da casa de sua mãe) e hoje já tem mais de 150 franquias em todo o país, com uma base de 2 mil clientes ativos. Já passaram pelo portfólio da marca empresas como Dell, Melissa, Wizard, Spotify, Lojas Lebes, Colchões Ortobom, Mobills, Wise Up e Smart Fit. Recentemente a V4 Company anunciou sociedade com o Grupo Dreamers, holding detentora de 16 marcas, entre elas Artplan e Rock In Rio. Dener Lippert também é host do ROI Hunters, podcast de marketing do InfoMoney com foco em assuntos ligados a growth, marketing digital e business.