Como acelerar minha ascensão profissional?

Crescer profissionalmente não é fácil e exige um nível de entrega que nem todos estão dispostos a aguentar

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores
(Getty Images)

Primeiramente, posso dizer que, sim, é possível acelerar sua ascensão profissional. Mas o quanto você está disposto a se entregar por isso?

É importante entender esse ponto, pois não é fácil crescer profissionalmente, principalmente nos modelos tradicionais de empresa.

Você acha que já nasci sabendo de tudo sobre marketing digital? Ou que fundei a maior assessoria de marketing do Brasil sem dedicar 110% do meu tempo a isso? Nem de perto.

Ao tratar de crescimento profissional, gosto de fazer um paralelo com esportes de alto rendimento.

Do que serve um atleta que usa substâncias para fazer crescer a musculatura se ele não está preparado fisicamente para suportar esse ganho? O resultado: lesões e frustrações.

Ou seja, mais importante do que crescer é saber crescer do jeito certo. Afinal, do que adianta chegar ao topo rapidamente para cair na mesma velocidade?

Por isso, vou te dar algumas dicas que entendo serem necessárias para evoluir e se manter no topo.

Caminhe antes de correr

Essa é uma expressão bem conhecida e tem muito a ver com o que já disse anteriormente. Ou seja, é importante entender o básico e assimilar sua jornada antes de começar a abraçar novos desafios.

Construir uma base sólida é o primeiro passo para se manter em pé. Assim, quando chegar a hora de correr, nada poderá parar ou derrubar você.

Entenda seus pontos fortes e fracos

Para ser um bom profissional, é preciso assimilar que ninguém é bom em tudo. Encontre seus pontos fortes e faça deles sua principal fonte de escalada. Estude-os e busque aperfeiçoar ao máximo sua capacidade a ponto de ser a referência nesse assunto.

Entretanto, não abandone seus pontos fracos. Aprenda com eles e saiba a hora de pedir ajuda e melhorá-los.

Não entregue mais, entregue melhor

Uma grande confusão que as pessoas cometem ao tentar crescer é fazer mais para mostrar eficiência. Se você acelerar seu processo de entregas, provavelmente dará menos atenção aos detalhes delas, diminuindo, assim, a qualidade.

Um profissional que busca crescimento não assina um trabalho que não esteja com 110% do seu esforço e dedicação nele. Afinal, o que pesa mais: meia dúzia de entregas antes do prazo ou uma entrega realmente boa no tempo previsto?

Tenha sonhos e grandes objetivos

Crescer sem objetivos é a mesma coisa que tentar fazer um bolo sem fermento. Os ingredientes estão todos ali, mas ninguém vai querer comer se a massa não cozinhar direito, não é?

Por isso, ter um objetivo é a melhor forma de direcionar corretamente o seu desenvolvimento até onde quer chegar. Mire alto e vá atrás: essa vai ser a principal forma de se manter motivado durante o trajeto.

Entenda que a dor faz parte do crescimento

Para finalizar, volto a fazer paralelos com o esporte. Já ouviu falar daquela expressão: “No pain, no gain?”, ou “Sem dor, sem ganho”, em português?

Ela diz muito sobre atletas, principalmente de bodybuilding, que buscam superar os limites de crescimento – e isso dói.

Para escalada profissional é a mesma coisa. Entretanto, a dor física não será o principal problema, mas sim a psicológica. Abrir mão de coisas de que você gosta, passar mais tempo estudando e trabalhando do que passar momentos com os amigos e família.

Ou seja: sim, é possível acelerar sua ascensão profissional. Mas o quanto você está disposto a mudar seu mindset para que isso aconteça?

Dener Lippert

Dener Lippert é CEO e fundador da V4 Company, maior rede de assessoria de marketing digital do país, autor do best-seller "Cientista do Marketing" e colunista do InfoMoney. Dener tem apenas 27 anos, mas já figura entre os principais empreendedores do país: está na lista da Forbes Under 30 de 2021, fundou a V4 Company com apenas 18 anos (na cozinha da casa de sua mãe) e hoje já tem mais de 150 franquias em todo o país, com uma base de 2 mil clientes ativos. Já passaram pelo portfólio da marca empresas como Dell, Melissa, Wizard, Spotify, Lojas Lebes, Colchões Ortobom, Mobills, Wise Up e Smart Fit. Recentemente a V4 Company anunciou sociedade com o Grupo Dreamers, holding detentora de 16 marcas, entre elas Artplan e Rock In Rio. Dener Lippert também é host do ROI Hunters, podcast de marketing do InfoMoney com foco em assuntos ligados a growth, marketing digital e business.