Sucesso dos cinemas, O Lobo de Wall Street estreia no Netflix nesta terça-feira

Para quem perdeu a chance de acompanhar o filme dirigido por Martin Scorsese e com Leonardo DiCaprio no papel principal, a partir de amanhã ele estará disponível para os assinantes do serviço

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores

SÃO PAULO – Apesar de não levar nenhum Oscar, não se pode negar que O Lobo de Wall Street tem sido, até o momento, um dos maiores destaques do cinema mundial em 2014. Menos de 4 meses após estrear nos cinemas brasileiros, o filme estrelado por Leonardo DiCaprio estreia no Netflix, serviço de filmes e séries online, nesta terça-feira, 6 de maio.

Baseado em uma autobiografia, o longa mostra a vida de exageros e loucuras que o corretor da bolsa Jordan Belfort levava entre os anos 80 e 90. O grande destaque do filme fica com Leonardo DiCaprio – vencedor do Globo de Ouro e indicado ao Oscar por este papel -, que vive o personagem principal. O filme é dirigido por Martin Scorsese, o mesmo de “Os Infiltrados”, “O Aviador” e “Gangues de Nova York”.

Apesar de ser baseado em fatos reais, o filme tem muitas mudanças sobre o que realmente aconteceu naquela época. Mesmo assim, é interessante acompanhar o mundo da Bolsa norte-americana e como Belfort prejudicou muitas pessoas em sua trajetória de ascenssão no mercado. Veja abaixo o que já foi publicado sobre o filme aqui no InfoMoney:

Além do Belfort: conheça 10 famosos “lobos” da história do mercado financeiro

O nascimento do Lobo de Wall Street: veja o artigo da Forbes sobre Jordan Belfort em 1991

As verdades “modificadas” na adaptação do O Lobo de Wall Street para o cinema

Para Leonardo DiCaprio, é inacreditável que “Lobo de Wall Street” sobreviveu

Corretor quer tirar “O Lobo de Wall Street” de circulação e pede indenização de US$ 25 mi

Rodrigo Tolotti

Repórter de mercados do InfoMoney, escreve matérias sobre ações, câmbio, empresas, economia e política. Responsável pelo programa “Bloco Cripto” e outros assuntos relacionados à criptomoedas.

Leia também