Pivô de polêmica, Val vai para o trend topics e deseja sorte a Bendine na Petrobras

Amiga de Bendine, socialite se envolveu em polêmica após ter recebido R$ 2,7 milhões a partir de uma linha subsidiada pelo BNDES, contrariando normas internas das duas instituições

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores
arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Os rumores – quase certos – de que Aldemir Bendine assumirá a presidência da Petrobras (PETR3;PETR4) ganham repercussão não somente na Bolsa de Valores, mas também nas redes sociais. E leva outras pessoas que ganharam destaque durante os 40 anos do executivo no Banco do Brasil (BBAS3) – de onde sairá – para o topo dos mais comentados na internet.

Além do próprio Bendine, a socialite e apresentadora de TV Val Marchiori é um dos trend topics do Twitter, sendo uma das mais comentadas na rede social nesta sexta-feira. Vale ressaltar que, em outubro, descobriu-se que o BB concedeu empréstimo de R$ 2,7 milhões a partir de uma linha subsidiada pelo BNDES para a socialite, contrariando normas internas das duas instituições. Val Marchiori é amiga de Bendine e já esteve com ele em duas missões oficiais do banco, uma na Argentina e outra no Rio de Janeiro.

Marchiori tinha restrição de crédito por não ter pago empréstimo anterior ao banco e também não apresentava capacidade financeira para obter o financiamento. A empresa pela qual apresentadora tomou o crédito, a Torke Empreendimentos, apresentou como comprovação de receita a pensão alimentícia de seus dois filhos menores de idade. O financiamento, repassado pelo BB a partir de uma linha do BNDES com juros de 4% ao ano (mais baixos que a inflação), foi usado na compra de caminhões. No entanto, a companhia não tinha experiência na área de transportes e a atuação da empresa até então estava relacionada à carreira de Marchiori na TV.

Dentre as brincadeiras na rede, um dos internautas garantiu que Val sairia fantasia de barril no próximo Carnaval, comemorando a indicação de Bendine. Aliás, segundo a coluna de Sonia Racy, do Estadão, Val desejou sorte ao novo presidente: “desejo sorte ao novo presidente da Petrobras! Que ele consiga restabelecer a confiança de nós brasileiros na instituição com a qual hoje decepcionados”, afirmou. 

E, vale lembrar, Bendine já se envolveu em mais polêmicas durante a sua carreira na Banco do Brasil: ele também em um imbróglio após comprar um apartamento de 150 mil reais em dinheiro vivo, que ficava guardado em sua casa. 

Além disso, ele foi investigado pela Receita no ano passado devido à evolução do seu patrimônio, que seria incompatível com os seus rendimentos. Ele chegou a ser autuado por não comprovar a origem de aproximadamente R$ 280 mil em sua declaração anual de ajuste do Imposto de Renda e pagou uma multa de R$ 122 mil para se livrar da investigação. 

Lara Rizério

Editora de mercados do InfoMoney, cobre temas que vão desde o mercado de ações ao ambiente econômico nacional e internacional, além de ficar bem de olho nos desdobramentos políticos e em seus efeitos para os investidores.

Leia também