Comediante britânico detona FIFA em um dos vídeos de maior sucesso sobre a Copa

Em pouco mais de 13 minutos, John Oliver, do programa Last Week, faz duras críticas à entidade que comanda o futebol

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores
arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – A Copa do Mundo já começou, mas antes mesmo do primeiro toque na bola o evento tem sido alvo constante de crítica de diversos canais. Fatores como o atraso nas obras, os gastos exorbitantes e a criação de “elefantes brancos” têm sido criticados por diversos meios de comunicação. Mas um vídeo gravado por um comediante britânico tem feito muito sucesso nas redes sociais.

Em pouco mais de 13 minutos (assista o vídeo ao final da matéria), John Oliver, apresentador do Last Week Tonight no canal HBO, aproveita o início da Copa do Mundo para mostrar a ambiguidade que é o evento ocorrer no Brasil, onde o povo “respira” futebol, mas que há pelo menos um ano está nas ruas para protestar contra a realização do torneio.

Como bom comediante, Oliver faz muitas piadas para ironizar a FIFA e os gastos exorbitantes do Brasil para construir estádios que não devem ser usados após a Copa, como é o caso de Manaus. Sobre a FIFA, ele questiona que, embora ela seja uma entidade sem fins lucrativos, possui bilhões de dólares guardados em caixa e ainda consegue ganhar dinheiro durante esses eventos.

O comediante chama a entidade suíça de “grotesca” e questiona o fato de que para a realização da Copa do Mundo, ela é capaz de alterar leis nos países sedes, chegando até a ganhar mais poder que o próprio governo nos dias em que o evento ocorre.

Oliver não perde a chance de questionar as falas e as atitudes de Joseph Blatter, presidente da entidade, que tem sido alvo de investigações na Europa e que na última semana tem sido bastante pressionado para sair da organização. Em meio à tudo isso, o apresentador lembra que o Qatar foi escolhido para sediar o mundial de 2022, citando as suspeitas de suborno para a realização do evento por lá.

Confira o vídeo do comediante disponível no youtube (ele não possui legendas em português):

Rodrigo Tolotti

Repórter de mercados do InfoMoney, escreve matérias sobre ações, câmbio, empresas, economia e política. Responsável pelo programa “Bloco Cripto” e outros assuntos relacionados à criptomoedas.

Leia também