RADAR INFOMONEY AO VIVO CIEL3: a maior alta do ano no Ibov; e mais: Datafolha aponta liderança de Lula no 1º turno

CIEL3: a maior alta do ano no Ibov; e mais: Datafolha aponta liderança de Lula no 1º turno

A saga do investidor micado – Capítulo I (Capitalização)

A saga de Márcio Leão Dourado da Silva, que nada entende de investimentos

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores
arrow_forwardMais sobre

Sábado. 7h da manhã.

Triimmmmmmmm. Triiiiimmmmmmmm.

– Alô…

– Alô, eu gostaria de estar falando com o Sr. Dourado.

– Hã.. hein.. Sim, é ele. Uááááááá (bocejo)

– Sr. Dourado, Bom Dia!!! Eu gostaria de estar apresentando para o senhor um novo título de capitalização. É um produto excelente, onde o senhor vai estar concorrendo a R$ 5 milhões todas as semanas e ainda estará ajudando os micos-leões da Amazônia Equatorial, já que 0,00298% da receita vai para a ONG que protege esses micos!!

– Mas minha filha, são 7h da manhã; e hoje é sábado. Eu estava dormindo, sabia?

– Mas senhor Dourado, esta é a sua chance de ajudar os micos-leões da Amazônia Equatorial, concorrer a prêmios e ainda guardar uma boa quantia pensando no seu futuro!!! Vamos dar uma chance à sua sorte? O senhor não acha que os micos merecem uma chance de sobreviver?

– Err.. não… quer dizer, sim, lógico.

– Vai me dizer que o senhor não gosta de animais, Sr. Dourado?

– Gosto, claro que gosto.

– Pois não parece.

– Mas eu gosto, sim. Já tive até um pintassilgo quando era pequeno. Mas ele fugiu. Ou morreu, não lembro.

– Sei. Pois está parecendo que o senhor é daqueles que maltratam os pobrezinhos. O senhor sabia que isso é crime? Vou denunciar o senhor, hein? Vou colocar no Facebook, Twitter, Orkut e tudo o que é rede social. O senhor sabe que isso se alastra igual praga, né? Caiu na rede já era.

– Não. Tá bom, eu compro o tal título. Vou ajudar a proteger os miquinhos, porque eu adoro animais. Sempre gostei. Tudo bem que uma vez eu coloquei uma bombinha no rabo do gat…

– Ótimo, Sr. Dourado!! Eu sabia que o senhor era uma boa pessoa e que adorava animaizinhos. Então vamos estar incluindo o título de capitalização “Micos-Leões da Amazona Equatorial” na sua conta, com débito automático. São R$ 100 por mês, durante 5 anos. Ok?

– Ta bom, tá bom. Pode incluir. Chantagista.

– O que o senhor disse?

– Nada, nada. Disse que você é muito persuasiva

– Ah bom. Me confirme apenas o seu nome completo, por favor

– É Márcio Leão Dourado da Silva.

– Perfeito. Já está incluído Sr. Dourado. Parabéns. O senhor provou que gosta mesmo dos bichinhos. Mas olhe lá, hein? O pessoal do Face não perdoa. Meu cunhado foi obrigado a excluir a conta dele porque uma vez ele resolveu postar uma fot…

– Tá bom, tá bom, minha filha. Já entendi. Tchau.

– Amor, quem era essa hora?

– Uma moça que disse que os micos-leões da Amazônia precisavam da minha ajuda para sobreviver à extinção. E disse que ia contar pra todo mundo que eu chutei um gato quando era criança. E que eu poderia ficar milionário na próxima semana. Cada uma.

– Humm, entendi. Dorme, amor. Hoje é sábado. E ainda são 7h.

(Continua…)

* O título “A saga do investidor micado” foi inspirado em um texto de Aline Rabelo, coordenadora do Investmania.

Diego Lazzaris Borges

Coordenador de conteúdo educacional do InfoMoney, ganhou 3 vezes o prêmio de jornalismo da Abecip

Leia também