Jogos, apostas e opções flutuantes

O ganho do investidor na aposta depende do preço pago na opção e na probabilidade da sua ocorrência
Por  Eduardo Guimarães
info_outline

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores

Futebol e investimentos em renda variável são dois dos assuntos que eu mais gosto, mais especificamente Copa dos Campeões da Europa e opções de compra (um derivativo).

Muitos amigos me perguntam sobre o “sistema de apostas” muito utilizado pelo pessoal do mercado financeiro – e aqui eu me incluo. Aqui, pretendo explicar a lógica da precificação das opções de compra, ou seja, o direito de comprar um determinado ativo num determinado prazo. O ganho do investidor na aposta depende do preço pago na opção e na probabilidade da sua ocorrência.

Para demonstrar como funciona uma aposta na vida real, irei utilizar dados reais de um famoso site de apostas que aponta os preços de mercado para os times favoritos ao título da Liga do Campeões da Europa.

O atual favorito ao título da Champions League na bolsa de apostas é o clube inglês Manchester City, que paga 5 para 1. Na lista abaixo, apresento os 10 principais clubes favoritos e os seus respectivos preços.

1)      Manchester City: 5,00 (Proporção), R$ 20 (valor de compra) e 20% (probabilidade)

2)      Barcelona: 5,75 (Proporção), R$ 17,39 (valor de compra) e 17,39% (probabilidade)

3)      Juventus: 6,00 (Proporção), R$ 16,67 (valor de compra) e 16,67% (probabilidade)

4)      Bayern Munique: 10,00 (Proporção), R$ 10 (valor de compra) e 10% (probabilidade)

5)      PSG: 12,00 (Proporção), R$ 8,33 (valor de compra) e 8,33% (probabilidade)

6)      Real Madri: 13,00 (Proporção), R$ 7,69 (valor de compra) e 7,69% (probabilidade)

7)      Liverpool: 13,00 (Proporção), R$ 7,69 (valor de compra) e 7,69% (probabilidade)

8)      Atlético de Madrid: 15,00 (Proporção), R$ 6,67 (valor de compra) e 6,67% (probabilidade)

9)      Manchester United: 29,00 (Proporção), R$ 3,45 (valor de compra) e 3,45% (probabilidade)

10)   Napoli: 29,00 (Proporção), R$ 3,45 (valor de compra) e 3,45% (probabilidade)

Quanto paga o Manchester City campeão?

A primeira interpretação é a seguinte: hoje, R$ 100 apostados no Manchester City podem se transformar em R$ 500 se o time inglês for campeão no dia 1º de junho de 2019, em Madri, no novo estádio do Atlético, que se chama Metropolitano.

Se o City não for campeão, a opção virou pó e tem valor zero no dia do vencimento ou quando o time for eliminado. Daqui até a final da Champions, os preços e a ordem dos favoritos ao título vão se alterando conforme os resultados dos jogos que ainda estão na primeira fase do torneio.

Mas como calcular o valor da opção de compra no Manchester City campeão?

Se a aposta no Manchester City campeão fosse uma opção de compra, qual seria o preço dessa opção? O cálculo é simples: R$ 100 dividido pela proporção de 5 para 1, que peguei no site de apostas. O resultado é R$ 20,00.

Dessa forma, essa aposta no Manchester City campeão é o mesmo que comprar uma opção pelo preço de R$ 20 hoje, que pode chegar a R$ 100 se o time for campeão. A data de vencimento da opção é a final do campeonato ou a data em que o time for eliminado.

O apostador comprou por R$ 20 o direito de apostar no Manchester City campeão por R$ 100. Se ele acertar e o time do Pep Guardiola e Gabriel Jesus for campeão, ele receberá R$ 100. O seu ganho é equivalente a 5 vezes o valor investido inicialmente.

Portanto, no mercado financeiro alguém que deseja fazer essa mesma aposta acima diz o seguinte: “Eu compro Manchester City campeão a R$ 20”. A conta é a mesma, mas o jeito de pensar é um pouco diferente. Reconheço que não é algo natural para quem não está acostumado.

Tudo na vida são probabilidades

Uma outra forma de analisar o preço da opção é pensar na chance/probabilidade de o time ser campeão. Quanto maior a chance disso acontecer, mais alto deveria ser o seu preço, e quanto maior esse preço, menor deveria ser a proporção de ganho.

Nesse caso, como o mercado enxerga que o Manchester City hoje tem mais probabilidade de ser campeão da Champions, menor é a proporção de ganho (de 5,0 vezes). Essa é a lógica que determina o valor das bolsas de apostas.

Por exemplo, vamos supor que a chance do Barcelona, de Lionel Messi, vencer é de 33,33%. Nesse caso, a bolsa de apostas deveria estar pagando 3 vezes o valor investido (100 dividido por 33,33). O preço atual de Barcelona é de 5,75 x (probabilidade de 17,39%).

Azarão: a opção fora do dinheiro

Agora irei falar sobre o “azarão” na lista dos times que podem vencer a Champions League: o Manchester United, do técnico português José Mourinho. Quem aposta no United campeão ganha 29 vezes o valor investido na aposta. Nesse caso, fazendo a conta que eu expliquei acima: seria o equivalente a comprar Manchester United campeão por R$ 3,45 (R$ 100 dividido por 29).

Uma aposta que parece bem “assimétrica”, ou seja, eu pago um valor bem baixo, mas tenho um ganho bastante alto de 29 vezes o valor investido se eu acertar e o Manchester United for campeão. Como dizemos no mercado: “parece uma opção fora do dinheiro”.

A relação entre risco e retorno é bastante diferente entre os dois times de Manchester: compra de Pep Guardiola e Gabriel Jesus por R$ 20 com ganhos de 5 para 1, ecompra de José Mourinho e Pogba por R$ 3,45 com ganhos de 29 para 1.

Depois que o Manchester United virou o jogo no último minuto no jogo contra a Juventus, de Cristiano Ronaldo, na Itália e venceu o jogo por 2×1, acho que vale a pena fazer uma “fezinha”. Recomendo apostar um valor baixo e que não vá fazer falta no seu orçamento do dia a dia.

Compartilhe

Mais de Blog da Levante

Blog da Levante

Kit Brasil 2019

Chegou a hora de dar a minha perspectiva para o comportamento deles neste ano, com foco mais específico em ações, que é a minha especialidade, e no Kit Brasil 2019
Blog da Levante

Como assim, Marco Aurélio?

"Se o Supremo ainda for Supremo, minha decisão tem de ser obedecida, a não ser que seja cassada". A frase de Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal, é de rara ambiguidade
Blog da Levante

A hora da virada

Em economia, muito se fala sobre ciclos econômicos (conseguiu visualizar uma imagem com as flechas para cada etapa?). E se existe um setor que tem fases bem definidas, são os ciclos imobiliários
Blog da Levante

Home bias

Sempre tenho uma busca por passagem no radar ou aproveito um feriado para conhecer um lugar diferente. É o meu maior incentivo para viver e investir cada vez mais