Tudo bem no ano que vem?

Porque o resultado de sua vida futura depende da soma dos resultados de suas escolhas de hoje.

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores
questions or decision making concept

Somos tendenciosos a olhar pouco para o que construímos e a sensação de que está tudo passando rápido demais faz com que não observemos a forma sobre como estamos construindo nossos sonhos.

Aliás, o grande motivo do estresse nas pessoas vem da própria ignorância em acreditar que tudo é um caso de emergência e isto inclui a própria vida.

Ao entrarmos nesse ritmo frenético deixamos de perceber quantas coisas já iniciamos ou realizamos até aqui.

De forma acertada ou não, isto não importa agora.

O que precisamos é permitirmo-nos um tempo para rever tudo o que já foi realizado e entendermos como foi que conseguimos (ou não) alcançar objetivos.

Dar-se um tempo e olhar para o passado recente é uma forma de aprender, de se autoavaliar para, assim, poder redesenhar o momento atual e projetar o futuro.

Passado, presente e futuro estão interligados. Engana-se quem acha que não.

Perguntas tais como:

– O que eu tenho aprendido ao longo da jornada da minha vida?

– O que eu estou buscando para mim? Qual o estilo de vida que eu realmente desejo viver?

– Traço metas para conquistar cada um dos meus objetivos ou simplesmente sou reativo a cada novo momento e os construo de forma sofrível?

– Conquisto meus objetivos no tempo planejado ou vivo postergando os meus sonhos? Por que?

Respondendo a si mesmo a essas simples perguntas será possível enxergar a forma como o seu futuro está sendo construído.

Essa visão é boa e encorajadora? Responda você mesmo.

Que tal, então, dar uma “espiadinha” na obra que você está desejando construir para si próprio.

Consulte a “planta inicial” e veja se você se desviou do plano original. Se sim, pergunte-se “Por que?”.

Se esse projeto já não faz mais parte de seus sonhos futuros, não tem problema algum: inicie um novo projeto. Se ainda faz, corrija o rumo e continue firme em seu propósito.

É preciso que você esteja certo do resultado que quer ver no final e estes pequenos cuidados lhe assegurarão uma construção sobre alicerces firmes e duradouros.

Se você julga que pode melhorar sua vida em vários aspectos, então, melhore. Não fique cheio de planos na cabeça esperando o próximo ano.

Coloque-se em movimento agora. 

Cada fim é a semente para um novo começo, então não lance sua nova semente ao vento.

Plante-a em seu jardim e cuide bem dela, pelo seu bem-estar futuro.

 

Vá lá.

O seu presente está em curso.

Inspire pessoas. 

Silvia Alambert Hala

Silvia Alambert Hala é CKO da Progress Educacional, co-fundadora da The Money Camp™, empresa licenciada no Brasil pela Creative Wealth™ Intl (USA) onde atua há 13 anos como educadora financeira de crianças, jovens e adultos, coach especializada em finanças comportamentais, palestrante, co-autora do livro “Pai, ensinas-me a poupar!” (Ed. Rei dos Livros) publicado em Portugal e coordenadora do projeto de educação financeira para jovens atletas de alto desempenho da empresa Tênis to Go™.