Seu primeiro imóvel comprado à vista

Às vezes ouço pessoas dizerem que é utopia comprar um imóvel à vista, comentário este que facilmente tira qualquer pessoa da área de finanças pessoais do sério.

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores

Bom, vale lembrar que primeiramente, antes de qualquer passo, precisamos sonhar. Este poder, ninguém pode nos tirar.

Segundo, que para o primeiro passo começar a ser viável, você precisa adequá-lo à sua realidade e é claro que se você ganha R$ 2.000,00 por mês e precisa deste dinheiro para sobreviver, comprar um imóvel de R$ 1.000.000,00 à vista será utopia mesmo, porém, se conseguir sonhar dentro de sua realidade, eu lhe afirmo que isto é verdadeiramente possível.

Como?

1-      Você precisa ter um objetivo.

2-       Você terá que abrir mão de algumas coisas no seu dia a dia (eu não disse que seria fácil chegar lá!)

3-      Planejamento: aqui reside o segredo!!

Vou detalhar melhor este 3º item e trabalhar com um valor médio, lembrando que este será o seu 1º imóvel que será comprado à vista, seja ele uma PEQUENA casa, PEQUENO apartamento ou mesmo um terreno.

Neste exemplo vou falar de um montante de R$ 200.000,00, ok?

Se você usar um financiamento de 20 anos, com juros de 1% ao mês, estamos falando de 240 parcelas de aproximadamente R$ 2.212,00.

Ao final, você terá pago um total de R$ 528.521,00!!

Mas… se estivermos falando de investir este mesmo valor de R$ 2.212,00 por mês, durante exatamente este mesmo período de 20 anos, com rentabilidade líquida de 0,7% a.m (taxa possível de ser encontrada hoje no Tesouro Direto, por exemplo) estamos falando de um total de R$ 1.363.535,00!

Isto significa que você conseguiria comprar bem mais do que a humilde residência inicial, isto, graças à “mágica” dos juros compostos.

Você deve estar pensando: “mas eu não tenho este tempo todo para juntar dinheiro! Preciso de um imóvel para morar!”.

Então, eu te apresento uma alternativa mais interessante:

O valor médio dos aluguéis residenciais está em torno de 0,5% referente ao valor do imóvel, isto é, para você alugar este mesmo imóvel (de R$ 200.000,00), você vai pagar em torno de R$ 1.000,00/mês.

Se você iria dispor daqueles R$ 2.212,00 que citei no começo, R$ 1.000,00 desse montante irá para o aluguel e o restante, os R$ 1.212,00, você pode investir conforme sugerido.

Qual a diferença? Em 9 anos você alcança estes R$ 200.000,00 e compra seu imóvel à vista!!

Um único detalhe: Estamos considerando que durante este período você estava morando em um imóvel do mesmo padrão e teve a disciplina de investir mensalmente o seu dinheiro, sem falhar!

Mas… e a inflação?

É claro que o que você compra com R$ 200.000,00 hoje, não comprará daqui a 10 anos, então – e logicamente – cabe o bom senso de temporariamente você fazer o reajuste para preservar o poder de compra (o que não irá tirar o brilho desta conquista).

Sei que muitos dos leitores já passaram da fase deste 1º imóvel, mas o intuito deste texto é novamente mostrar que é preciso sonhar, fazer contas, pensar e PLANEJAR!

Use também esta linha de raciocínio para outros objetivos na vida, sejam eles, menores ou maiores.

Eu trabalho com isto, vivo isto e te garanto que vale muito a pena!!

Para aqueles que ainda assim consideram este valor muito baixo, lembrem-se de que eu não acrescentei nenhum valor de entrada, nem mesmo o FGTS, uma possível poupança ou algum outro bem que poderia ser convertido em uma entrada.

Quero aqui incentivá-los a pensar “fora do quadrado”, a tentarem o desafio de ceder aos apelos do consumismo e a levarem uma vida mais simples, com foco nos objetivos maiores e por caminhos que fogem daqueles em que estamos condicionados a ter.

Pensem no que realmente vale a pena e invista sua energia em coisas que realmente promoverão a sua qualidade de vida.

Ter um pequeno imóvel quitado pode ser uma delas.

Alessandra Coser