Quatro resoluções de ano novo bastam

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores
arrow_forwardMais sobre
(Pixabay)

2020 foi um ano muito diferente e de ajustes muito rápidos a tudo que, por algum motivo, consciente ou inconscientemente, negávamos com toda a força: fosse sobre finanças, sobre relações pessoais ou mesmo sobre a nossa saúde física e mental.

Tivemos que aprender muito rapidamente sobre nós, nossos parceiros e nossa relação com o nosso dinheiro. E nem tudo o que foi escancarado foi muito confortável de se encarar.

Por isso, primeiramente e antes de começar a fazer qualquer lista de desejos para esse ano que acabou de começar, seria bom revisitar e refletir sobre o passado de poucos meses atrás e se questionar sobre quais aspectos da sua vida você percebeu que verdadeiramente precisam de mudanças e que você verdadeiramente deseja mudar.

Seja honesto e faça essa introspecção. Sem essa visão e clareza as mudanças não vem, esteja certo.

Como foi o seu cuidado com a sua saúde física e seu bem estar no ano de 2020; a sua relação com o dinheiro em termos de gastos gerais; quais mudanças em seu estilo de vida você quer ou precisa fazer para melhorar a sua saúde física, mental e financeira e, não menos importante, como você se viu emocionalmente ao longo de 2020 e quais são os seus pontos fortes e quais pontos precisam de atenção.

Para ajudar na jornada, listamos quatro áreas que talvez você queira colocar atenção para fazer de 2021 um de seus melhores anos de crescimento pessoal e financeiro.

1) Mantenha um peso ideal para a sua idade

É inegável que a pandemia mudou os nossos hábitos de alimentação. Com mais tempo disponível dentro de casa, comer foi uma das opções que encontramos para reduzir a ansiedade, mas também ficou difícil fazer as pazes com as calças jeans e com a balança.

A vida é feita de equilíbrio e comer, beber e não queimar calorias de forma proporcional, vai elevar seus ganhos, mas de peso, então, talvez agora seja o momento ideal para ficar de bem novamente com suas roupas e balança, aliando uma dieta balanceada a objetivos e expectativas realistas e movimentando o seu corpo um pouco todos os dias. Você só precisa descobrir quais atividades são mais prazerosas para você: caminhar, andar de bike, correr, se alongar, dançar. Só não vale não se exercitar pelo menos uma hora por dia.

PUBLICIDADE

2) Aumente a sua imunidade

O que temos de mais precioso é a nossa saúde. Ela nos permite trabalhar e fazer dinheiro para realizarmos sonhos, usufruirmos momentos de diversão entre familiares e amigos. Portanto, temos que nos cuidar para evitar que sejamos acometidos por qualquer tipo de doença, então, é crucial manter o sistema imunológico em alta.

Até se for para emagrecer, emagreça com saúde e, para isso, os especialistas sugerem que você se proteja através de uma dieta rica em nutrientes chaves e que também se utilize de suplementos vitamínicos como a vitamina C, vitamina D, zinco e os probióticos que são importantes para o fortalecimento e proteção do sistema imunológico e saúde intestinal, já que a saúde intestinal está diretamente ligada com a ação do sistema imune.

3) Foque na sua saúde mental

Com tudo o que foi experienciado ao longo de 2020, especialmente com o isolamento e contratempos financeiros, não é de se admirar que os problemas relacionados à saúde mental se tornaram uma preocupação crescente. O alto nível de stress em circunstâncias como a da pandemia afeta e sobrecarrega emocionalmente a todos nós.

Encontre um tempo para você fazer as coisas que te dão prazer. Pratique yoga e meditação ou qualquer outra atividade que reduza o seu nível de stress. Se ainda assim, você não conseguir controlar o seu nível de stress, ansiedade ou mesmo a depressão, busque ajuda profissional. Quando se trata da sua saúde e bem estar, não existe um único caminho a seguir. Descubra o seu.

4) Transforme (de verdade) sua vida financeira

A perda e diminuição da renda causada pela pandemia afetou drasticamente a vida de centenas de milhares de brasileiros e impactou também as finanças públicas e o que se perdeu não será recuperado milagrosamente do dia para a noite.

PUBLICIDADE

Infelizmente, foi preciso uma pandemia para que muitas pessoas descobrissem que seus ganhos não eram condizentes com o estilo de vida que levavam, mas por outro lado as pessoas se deram conta da falta que faz a educação financeira básica.

Ainda que as pessoas tenham percebido essa necessidade e as buscas por cursos, lives, livros sobre o tema tenham aumentado é preciso que esse movimento tenha força e perdure por gerações, após a pandemia e a crise financeira que a acompanhou.

2021 só poderá ser um ano de consciência e transformação se cada um olhar verdadeiramente para suas questões financeiras e incorporar de fato a educação financeira em sua vida e isso significa transformar hábitos financeiros que implicarão em mudanças profundas, mas que também proporcionarão um futuro muito mais promissor.

Vida longa e próspera.

Onde Investir 2021
Baixe de graça o ebook e participe do evento com os melhores especialistas do mercado:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.

Silvia Alambert

Silvia Alambert é fundadora e CEO da moola Educação Financeira (The Money Camp® no Brasil). Educadora financeira de crianças e jovens, é certificada e licenciada pela Creative Wealth® Intl (USA) e coordenadora do projeto de educação financeira para crianças e jovens em situação de vulnerabilidade sócio-econômica pelo ITESA (Instituto de Tecnologia Social Aplicada).