RADAR INFOMONEY AO VIVO PETR4 sobe com investidor focando fundamentos e dividendos em vez da demissão do CEO por Bolsonaro

PETR4 sobe com investidor focando fundamentos e dividendos em vez da demissão do CEO por Bolsonaro

5 aspectos importantes sobre a Educação Financeira Infantil

Educar financeiramente uma criança é assunto sério e merece atenção de pais e educadores.

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores
arrow_forwardMais sobre

O desenvolvimento do mercado financeiro, as rápidas mudanças econômicas e o alto estímulo ao consumo fazem com que a Educação Financeira seja uma urgência para adultos e crianças. A aprendizagem nesse sentido é essencial para poder fazer escolhas mais conscientes e aumentar a capacidade crítica.

Presenciamos o tempo todo em nosso país casos de endividamento, má gestão dos recursos e falta de planejamento. Isso em virtude da falta de informação e nenhum acesso à Educação Financeira.  

As crianças desde pequenas começam sua socialização com o dinheiro. A família tem papel marcante na construção dos valores e das crenças dos seus filhos. Cada palavra, atitude, expressão corporal e facial são atentamente observadas pelos pequenos que vão construindo seu modo de compreender e lidar com o dinheiro.

Trago 5 aspectos importantes sobre a Educação Financeira Infantil. Aspectos que devem ser cuidados com atenção por parte dos pais e educadores. Vamos a eles:

1-      Desde pequena a criança necessita ser estimulada em relação às questões financeiras de maneira saudável. Um valor importante a ser ensinado é que cuidar bem do dinheiro envolve também a sustentabilidade e a responsabilidade diante dos grandes desafios trazidos pela globalização;

2-      O nível crescente de consumo constado entre jovens e crianças sinaliza a falta de conhecimento e orientação sobre o universo financeiro contribuindo assim para o perigoso culto ao Ter;

3-      A aquisição de hábitos saudáveis e condutas de consumo conscientes podem e devem ser formados na infância e a Educação Financeira é uma das responsáveis por isso;

4-      A relação saudável com o dinheiro promove a saúde emocional dos pequenos e da família como um todo. As questões financeiras precisam ser tratadas com leveza e inteligência financeira;

5-      À medida que a Educação Financeira vai tornando-se parte do processo de aprendizagem, as crianças tornam-se capazes de perceber os processos econômicos implícitos nos dia a dia. Serão capazes de fazer escolhas mais assertivas tornando-se um adulto mais preparado para cooperar com o desenvolvimento econômico e social do nosso país.

 

Buscar um significado novo para as questões ligadas ao dinheiro é um dos aspectos desenvolvidos no meu trabalho e com resultados ótimos.  As crianças vivem a vida com simplicidade e disposição para aprender. Compete aos adultos próximos a elas oferecem conhecimentos e ferramentas para que desenvolvam sua inteligência econômica. A Educação Financeira é a grande aliada nessa missão. 

Bernadette Vilhena