Sem programa nesta 6ª à noite? Dilma vai ao Jô para 1ª entrevista à TV brasileira em 2015

Na madrugada deste Dia dos Namorados, quem estiver acordado poderá descobrir o que a presidente pensa da crise econômica e quais são os seus planos para o futuro

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores
arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O apresentador Jô Soares realizará o seu sonho de entrevistar a presidente Dilma Rousseff (PT) como chefe de estado na madrugada desta sexta-feira para sábado. Será a primeira entrevista de Dilma na televisão brasileira em 2015 e, assim, uma boa oportunidade pós-Dia dos Namorados para saber como a presidente avalia o seu segundo mandato, a crise econômica, seus planos para o futuro e também as manifestações pedindo o seu impeachment.

O próprio Jô Soares já criticou em seu programa as pessoas que pedem pelo impedimento da presidente, razão pela qual alguns acreditam que ele tenha sido o escolhido por Dilma para sua primeira entrevista televisiva. Teorias à parte, uma questão que fica na cabeça de todos atualmente, é se ela vai conseguir convencer os militantes do PT reunidos no 5º Congresso do Partido de que o ministro da Fazenda, Joaquim Levy não é Judas como ela mesma disse ao Estado de S. Paulo.

Enfrentando a baixa popularidade entre o eleitorado brasileiro e sofrendo no Congresso para aprovar as medidas do ajuste fiscal não ajuda nada para a presidente sofrer pressão política da própria militância. 

Até agora este ano, a presidente deu mais entrevistas internacionais do que nacionais. Além de falar ao Canal France 24, ela já deu declarações para a Bloomberg e para o jornal mexicano de esquerda La Jornada, entre outras. 

Nas poucas vezes em que apareceu na TV brasileira para pronunciamentos oficiais ela sofreu como os chamados “panelaços”, a modalidade de protesto que foi importada da Argentina pelos brasileiros descontentes com o governo atual. O horário do programa, no entanto, pode ser um empecilho para este tipo de manifestação. Quem quiser bater panela contra Dilma hoje terá que ficar acordado até “altas horas” – com o perdão do trocadilho – e incomodar os vizinhos adormecidos. O programa irá ao ar às 00h30 (horário de Brasília). 

Equipe InfoMoney