Tome cuidado

Você trabalha com um sociopata? 15 sintomas para identificar e como se proteger

Sociopatas são pessoas que manipulam os outros, causando danos emocionais, dúvidas sobre si mesmo e problemas interiores

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Ao contrário do que se pensa, sociopatas não são sempre os serial killers que vemos em novelas e filmes. Pelo contrário: o comportamento sociopata não tem relação com crimes.

Sociopatas são pessoas que manipulam os outros, causando danos emocionais, dúvidas sobre si mesmo e problemas interiores. Eles são pessoas do dia-a-dia, como colegas de trabalho, vizinhos e pessoas próximas a você.

Confira como identificar uma pessoa sociopata e o que fazer para proteger-se, segundo o Inc.:

PUBLICIDADE

1. Sociopatas são superficialmente charmosos e inteligentes.

2. Eles são racionalmente frios.

3. Raramente ficam nervosos, pois não têm medo do risco.

4. Não são confiáveis.

5. Constantemente contam mentiras ou dizem coisas desonestas.

6. Nunca sentem remorso ou vergonha.

PUBLICIDADE

7. Derepente são antissociais sem razão.

8. Eles têm um julgamento fraco e não aprendem com a experiência, já que acreditam ser mais espertos que qualquer outra pessoa.

9. Sociopatas são patologicamente egocêntricos e incapazes de amar.

10. Em geral, eles não possuem a habilidade de reagir emocionalmente com sinceridade; eles possuem uma falta de emoção.

11. Não possuem discernimento e não conseguem fazer reflexões

12. Parecem ser socialmente sensíveis, geralmente fingindo para não serem descobertos.

13. Gostam de viver a vida como uma festa.

14. Eles podem fazer falsas ameaças de suicídio.

15. Eles falham ao seguir um plano de vida.

Se você já identificou alguém com esse tipo de comportamento, saiba o que fazer para lidar com essa pessoa:

1. Aceite que o sociopata não tem uma consciência – e para ser tal, ele não precisa parecer ser diferente e ter um comportamento estranho, mas sim parecer ser uma pessoa comum.

2. Sempre siga seus instintos e priorize o que eles lhe dizem.

3. Pratique a “regra dos três”: três chances e eles estão fora. Uma mentira, uma responsabilidade negligenciada, pode ser um mal-entendido. Dois: pode ser um erro. Três: você está lidando com um mentiroso que não possui consciência do que faz. Corte seus laços imediatamente.

4. Suspeite de muitos elogios. Saiba a diferença entre elogios e adulação – elogios geralmente fazem sentir bem, enquanto adulação soa forçado. Saiba que sociopatas geralmente adulam para manipular.

5. Não participe de intrigas. Não faça parte do jogo para o qual é convidado. Não compita, analise ou brinque com um sociopata – essa é a melhor maneira de se proteger.

6. Questione sua tendência de ter compaixão muito facilmente. Fazer com que as pessoas tenham pena e sejam solidárias é uma ferramenta de sociopatas. Por isso, se você se vê tendo pena de alguém que constantemente magoa outras pessoas ou você, as chances dela ser um sociopata são elevadas.

7. Não deixe que o sociopata convença você de que as pessoas não são boas. Tenha em mente que eles são exceções.