Você sabe como avaliar seu funcionário?

Na hora da reunião para informar o desempenho mensal, você sabe como tratá-lo? Para não errar, respeite sempre e mantenha o tom de voz para não ser rude

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Ao final de cada mês, muitos líderes costumam realizar uma avaliação de desempenho de seus funcionários, formal ou informal, para mostrar, além dos pontos positivos, os pontos fracos que podem ser melhorados, para que a equipe alcance mais resultados positivos.

No entanto, existem diversas formas de se transmitir estas informações. Afinal, você não pode se esquecer de que o colaborador, mesmo que necessite de algumas críticas, irá encontrá-lo no dia seguinte e, por este motivo, você não deve se indispor com ele. Você sabe como realizar esta avaliação?

Primeiro: pontos positivos

Para que a conversa flua de maneira adequada, o primeiro passo, que facilitará para que o funcionário se sinta mais a vontade e fale mais, será dizer os pontos positivos que ele apresentou no período analisado.

Aprenda a investir na bolsa

Isso significa que, se existe a possibilidade de elogiar, você deve fazê-lo logo no início da reunião. Diga que seu desempenho tem sido satisfatório para a empresa e que pontos têm agradado e devem ser evidenciados no dia-a-dia.

O que melhorar?

Se não houverem pontos positivos, você pode simplesmente passar para esta fase. Diga ao funcionário que existem algumas atitudes ou atividades que não estão sendo realizadas de maneira adequada e que devem ser melhoradas.

Neste momento, também mencione as conseqüências, caso ele continue com estas atitudes, como ser remanejado ou não ser mais responsável por esta atividade. Fale de maneira clara e pergunte se o funcionário tem dúvidas.

A falta de aprimoramento de processos pode ser causa de falta de liberdade dentro do ambiente de trabalho, e o funcionário, em alguns casos, não desenvolve mais uma atividade por receio, o que deve ser quebrado com este tipo de reunião.

A hora das críticas

Somente criticar não adiantará se você pretende continuar com aquele funcionário na empresa. É claro que elas devem ser ditas, e são bastante importantes para o desenvolvimento da equipe, mas, cuidado, pois podem desanimar quem tem potencial e deve continuar na equipe.

A maneira de falar deve ser a mais aberta possível: critique, mas aceite que o funcionário apresente sua defesa. Muitas vezes o que é visto por você pode ser o que não acontece e, por isso, você deve aceitar o fato de estar equivocado.

PUBLICIDADE

Critique com delicadeza, para que nenhuma briga aconteça e procure não alterar o tom de voz em todos os pontos a serem abordados, para não ser rude. Neste momento, apenas informe os pontos negativos e não agrida. Leve a reunião com tom de conversa e não dê apenas ordens. As críticas devem ser feitas para que o funcionário cresça e não para que se sinta desestimulado.