Você conhece as metodologias para a recolocação?

Enquanto alguns têm condições de contratar um profissional, outros investem na distribuição de currículos e nos contatos

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Depois da demissão, você se sente perdido e sem saber o que fazer para conseguir uma nova vaga. Por onde começar? O que deve ser feito? O que devo evitar? A recolocação é difícil, mas é preciso contornar esta situação.

Para isso, você deve buscar a metodologia que mais se adapte à sua realidade. Mas você sabe quais são as formas de recolocação existentes?

Busque profissionais

Os consultores de carreira poderão lhe indicar qual o melhor caminho. Segundo Michele de Carvalho, profissional desta área, todo o consultor realiza uma análise para ver qual o perfil da pessoa que precisa se recolocar no mercado de trabalho.

Aprenda a investir na bolsa

“É realizada uma análise do perfil e das habilidades do candidato para traçar o melhor caminho, utilizando metodologias e ferramentas que facilitam na hora das negociações diretas com as empresas”, disse.

De acordo com Michele, pesquisas mostram que 86% dos profissionais assessorados são recolocados no mercado de trabalho em período inferior a 90 dias, e menos de 4% sequer consegue um novo emprego.

Outras metodologias

No entanto, é claro que o auxílio deste tipo de profissional custará um pouco mais no orçamento de quem não conta mais com o salário. Por isso, existem metodologias que devem ser desenvolvidas pelo próprio profissional.

A primeira delas consiste na elaboração adequada do currículo, o qual deve ser distribuído em sites de empresas especializadas ou nos sites especializados em empregos. Para não parar no tempo, outros profissionais buscam a especialização ou atualização no momento em que estão sem atividades. E, enquanto isso, mandam currículos ou fazem contatos com amigos e familiares.

Outra prática é a procura por uma agência, na qual se paga uma mensalidade para que façam o trabalho da procura por você. Quando precisar de ajuda, sempre tome cuidado! Será que a agência ou o profissional estão sendo sinceros com você? A empresa é confiável?

Algumas empresas, no momento da demissão, ainda oferecem o outplacement, o qual nada mais é do que uma consultoria gratuita de transição de carreira. Procure saber se sua empresa o oferece!

Persistência faz diferença

PUBLICIDADE

No entanto, o mais adequado é unir as metodologias a seu favor. Se tiver um dinheiro disponível, e desde que não comprometa seu orçamento ou lhe deixe inadimplente, invista em profissionais, mas também em uma agência. Caso contrário, tente unir a distribuição de currículos com a rede de contatos.

O mais importante é que você persista. De acordo com o autor Clóvis Tavares, é preciso persistir com total dedicação e concentração em seus objetivos, conseguir criar dentro de si uma chave para canalizar toda a sua energia. Manter mente e corpo alinhados, como o arco e a flecha.

“O pensamento precisa ter uma meta. Os sonhadores que alcançam são aqueles que persistem mais do que os outros, são os que acreditam na sua pontaria”, disse.