[VISA] Qual a diferença entre ser demitido e pedir demissão?

Estar atento aos seus direitos como trabalhador e a quanto você irá receber em cada situação deve fazer parte do seu planejamento financeiro.

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

A principal diferença entre ser demitido (decisão da empresa em dispensar o funcionário do trabalho) e pedir demissão (decisão do funcionário em deixar o emprego) diz respeito aos direitos do trabalhador.

Ao pedir demissão, o empregado deixa de receber as verbas rescisórias, tendo direito apenas aos dias trabalhados, férias proporcionais e férias vencidas. Há também a necessidade de cumprir aviso prévio, ou arcar com os custos financeiros de não cumpri-lo.

Neste caso, o trabalhador não tem acesso ao saque do seu FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço).

Aprenda a investir na bolsa

No caso de ser demitido, você, como funcionário, tem direito a receber o saldo de salário (dias trabalhados ainda não remunerados), o 13º salário proporcional aos meses de trabalho, férias proporcionais, férias vencidas (se houver) e 1/3 de férias.

Se a empresa não conceder o aviso prévio de trinta dias, deverá lhe pagar um salário a mais. Você pode ainda sacar na Caixa Econômica Federal, além do FGTS, a indenização de 40% do valor total dos depósitos realizados durante o período do contrato.