Vida profissional: mantenha hábitos saudáveis na volta à rotina do escritório

Veja algumas dicas para manter o ritmo conquistado com as atividades físicas das férias e para não pecar na alimentação

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Muitos executivos aproveitam o período de férias para promover uma melhor qualidade de vida: fazem exercícios físicos regulares, vão ao médico e equilibram a alimentação. Mas, na volta à rotina do escritório, começam a adotar novamente práticas que prejudicam a saúde.

De acordo com o ortopedista do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, Elio Consentino, existem medidas que podem ser tomadas para prolongar o bem-estar e a disposição proporcionados pelas férias por bastante tempo, mesmo tendo uma demanda grande de trabalho.

“É possível, no dia-a-dia, manter atividades saudáveis sem ter que mudar a rotina”, afirmou.

De que forma?

Aprenda a investir na bolsa

Um exemplo é realizar exercícios de alongamento nos membros superiores, que são os que apresentam tensão e dor com mais freqüência. Sentado na cadeira, o executivo pode alongar os músculos da região lombar, colocando as mãos nos pés e flexionando e estendendo os joelhos.

“Repetir esses movimentos durante o dia ajuda a prevenir dores e tensões, além de aumentar o gau de concentração, uma vez que não desvia a atenção do indivíduo para possíveis incômodos físicos”.

Além disso, ainda é possível se manter ativo, mesmo não podendo praticar exercícios físicos. “Ao invés de utilizar o elevador, suba e desça as escadas. Caminhe sempre que possível. Evite o automóvel e prefira ir e vir de bicicleta. São medidas fáceis de introduzir no dia-a-dia e super saudáveis”.

Cuidado com o exagero

Com tanta vontade de fazer exercícios físicos, muitos executivos acabam exagerando, quando conseguem um tempinho para ir à academia ou praticar um esporte, o que acaba lesionando músculos, tendões e articulações.

“Machucado, o profissional interrompe o programa de resistência física, além de desanimar e perder o prazer em praticar esportes, adquirido no período de férias”. Por isso, procure orientação de especialistas no momento de começar a praticar a atividade e quando quiser retomá-la.

Alimentação

Se seus horários estavam regrados e agora parecem uma loucura, por causa dos compromissos, é preciso se readaptar. Coma sempre de três em três horas e em quantidades pequenas. Mas nada de beliscar doces e guloseimas, que costumam virar atração no ambiente de trabalho.

PUBLICIDADE

Segundo a nutricionista Denise Madri Carreiro, comer nos intervalos das refeições é o mais importante. No café-da-manhã, deve-se abusar dos cereais aliados às frutas.

Na hora do almoço, nada de exagerar. “No almoço, o indicado é o prato do tempo da vovó: arroz, feijão, carne, verdura e fruta. Não precisa repetir todos os dias esses alimentos, mas abusar de diversos que se encaixam no grupo deles”, afirmou.