Vida profissional: coaching sistêmico ajuda na tomada de decisões

Depois de determinados perfil, metas e objetivos profissionais, processo ajuda a escolher melhor forma de agir

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Quando tomar uma decisão é muito mais difícil do que se parece, os profissionais contam com uma ajuda: o coaching sistêmico. Nada mais do que uma forma de diagnosticar e indicar soluções para situações complicadas, ele indica a melhor forma de agir.

Além de auxiliar na vida profissional, este tipo de ajuda ainda é usada para a vida pessoal, desde quando a pessoa sente-se esgotada e estressada, com baixa qualidade de vida, até para quando precisa mudar o estilo de liderança, por exemplo.

Como funciona?

Este tipo de coaching começa pela avaliação do perfil da pessoa, tanto na atuação no cargo como a individual. Além disso, há mapeamento em todas as esferas da vida e técnicas de relaxamento. Ele conta com as seguintes etapas:

  • Inicial – conhecer o consultor, o processo e a estimativa de tempo/recursos.
  • Objetivos do processo – qual a questão, as metas e os objetivos a alcançar?
  • Mapeamento da situação atual.
  • Definição da visão de futuro.
  • Plano de ações – próximos passos.
  • Acompanhamento e avaliação do progresso.

Resultados

PUBLICIDADE

De acordo com os consultores profissionais Gustavo e Madalena Boog, o coaching gera ganhos tanto para a organização quanto para o funcionário. “Há melhoria nas relações interpessoais, da auto-estima, melhor trabalho em equipe, determinação de objetivos de carreira e maior flexibilidade de atuação”, afirmaram.