Viagem a trabalho: dicas para aluguel de carros

Veja quais cuidados o encarregado de alugar o carro pode tomar para que não seja vítima de fraudes e prejudique a empresa

SÃO PAULO – O Brasil já pode ser considerado um destino para turismo de negócios. Feiras e eventos nacionais e internacionais são realizados e atraem profissionais o ano inteiro. Como consequência da expansão desse mercado, o de locação de carros também cresce. No ano passado, a alta foi de 10,4%, segundo a ABLA (Associação Brasileira de Locadoras de Automóveis).

O tipo de transporte é incentivado pelas empresas. Para economizar, elas sugerem aos funcionários que aluguem carros ao invés de andar de táxi quando viajarem a trabalho. Isso porque, mesmo que o valor seja maior com a primeira opção, o profissional terá o veículo à disposição 24 horas por dia.

Antes de alugar

Depois de analisada a vantagem econômica, o profissional encarregado do aluguel precisa planejar, para que não passe por nenhum apuro nem seja vítima de fraudes. Dentre as informações que precisa saber antes de começar a escolher o modelo é que o aluguel só pode ser feito por pessoas acima de 21 anos e com habilitação há mais de dois anos.

Você tem este perfil? Caso a resposta seja positiva, para começar, pesquise as locadoras associadas à ABLA em cada cidade do Brasil pelo site da associação (www.abla.com.br) no link “Quero alugar um carro”. Caso escolha uma empresa não credenciada, estará sujeito a golpes.

Dicas no momento do aluguel

Depois de analisadas as empresas, é chegado o momento de alugar o carro. Para isso, abaixo estão algumas dicas que podem ser encaradas como precauções e ainda fazer com que você economize:

  • Defina local de devolução: é possível alugar carros em uma cidade e devolver em outra, caso a locadora seja da mesma rede, mas atente se não é cobrada taxa de retorno do veículo;
  • Exigências verifique antecipadamente o que é necessário para a locação, utilização, devolução, prorrogação de uso do veículo e rescisão contratual;
  • Retirada neste momento, examine o carro ao lado do profissional da locadora, para confirmar se está em perfeita condição e não ter que arcar pelos riscos e batidas que não cometeu;
  • Imprevistos avise imediatamente a locadora se o carro for roubado, danificado ou esteja com problemas mecânicos, para que a troca possa ser efetuada.