Futuro

Veja o que Bill Gates prevê para os próximos 15 anos

Com visão positiva do futuro, casal Gates acredita que melhorias para a parcela mais pobre da população serão mais rápidas

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O co-fundador da Microsoft, Bill Gates, e sua esposa Melinda Gates são famosos por seus projetos sociais, por meio da Fundação Bill & Melinda Gates, que já funciona a 15 anos.

Ambos estão otimistas quanto ao futuro. Em um documento divulgado pelo casal, eles apostam que nos próximos 15 anos as mudanças para a parcela mais pobre da população mundial acontecerão ainda mais rápido.

Não é a primeira vez que Gates faz previsões para o futuro. Em 1990, ele listou algumas expectativas para o ano de 2015 que chegaram a se concretizar, como a transformação da dinâmica de trabalho pelo uso de computadores pessoais e a redução drástica da mortalidade infantil.

PUBLICIDADE

Na saúde, eles esperam que a população de quase todos os países tenha acesso a vacinas para diarreia e pneumonia, atualmente, as duas das maiores causas de morte de crianças. Para Gates, pequenas inovações também são fundamentais para ampliar a cobertura de vacinação nos países; alguns exemplos são ter recipientes para manter os medicamentos resfriados e que possibilitem seu transporte.

Outra aposta é de que a cura para a Aids e a malária será encontrada. “As ferramentas que nos permitirão reduzir em 95% ou 100% essas doenças serão inventadas nesse período de 15 anos”.

Já na área da agricultura, o casal acredita que o uso da tecnologia irá melhorar a produtividade, ajudando as famílias que produzem para a própria subsistência, assim como a colocar o excedente no mercado para obtenção de uma renda extra. Outros fatores que podem ajudar são o acesso a sementes que se adaptam melhor ao solo e à região, treinamento sobre técnicas de cultivo.

No quesito tecnologia, estão sendo desenvolvidos em países pobres os bancos mobile. Como as altas taxas do sistema financeiro tradicional impedem que boa parte da população em locais subdesenvolvidos tenha acesso a uma conta bancária, estão sendo criados bancos virtuais para ajudar com o controle de dinheiro e organização do orçamento.

Além disso, a tecnologia pode ajudar também nas salas de aula. Os professores e alunos podem se motivar por meio da tecnologia e ensino digital influenciará o acesso à educação.