Emprego

Veja dicas para ser aprovado em um concurso público neste ano

Em 2010, o governo pretende contratar cerca de 15 mil pessoas que ocuparão as vagas de profissionais terceirizados

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Em dezembro passado, o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, afirmou que o governo pretende realizar concursos públicos para contratação de cerca de 15 mil pessoas durante 2010.

De acordo com o professor da Central de Concursos, Vivaldo Pereira de Jesus, estas oportunidades são devido à regularização de vínculos empregatícios. Um exemplo são as vagas ocupadas pelos funcionários terceirizados, que serão abertas para concursos e ocupadas por funcionários públicos.

Mas, antes de se inscrever em qualquer concurso aberto, é necessário avaliar as aptidões que o cargo exige. “O candidato deve ter foco na atividade que será desenvolvida e analisar as atribuições do cargo, antes de definir o objetivo de estudo”, explicou o professor.

Aprenda a investir na bolsa

Remuneração e candidato/vaga
A remuneração para vagas destinadas a pessoas com escolaridade do Ensino Médio pode variar de R$ 3,5 mil a R$ 5 mil, enquanto os salários das vagas para Ensino Superior variam entre R$ 13 mil e R$ 16 mil.

Em relação à quantidade de candidatos por vaga, o professor tranquilizou as pessoas que prestarão concurso público. “O número de inscritos não quer dizer nada. Muitos não estudaram e outros nem aparecerão para fazer a prova. O que conta são os preparados, chamados de alunos competitivos, mas estes fazem parte de 5% do total. É só estudar, que se tem chance”, explicou.

Como estudar
Para quem decidiu seguir carreira pública, é preciso estudar o conteúdo da prova descrito no edital. Os cursos preparatórios podem ajudar, já que os professores passam dicas de cada matéria.

Mas quem acredita que a responsabilidade da aprovação depende do curso e dos professores está enganado. Segundo Jesus, o aluno tem de se esforçar fora da sala de aula. É importante também descobrir qual a maneira de estudo que faz com que o candidato aprenda mais.

“Algumas pessoas aprendem mais ao gravar a aula, outras preferem escrever tudo que foi passado novamente, enquanto algumas são mais visuais, tem melhor entendimento por meio de gráficos. Depende de cada aluno, mas é necessário reter as informações, otimizar e trabalhar com exercício de manutenção”, afirmou o professor.

No dia da prova
No momento do exame, é importante que o candidato controle a ansiedade e saiba administrar o tempo de cada questão. A administração do tempo depende do formato da prova e da organizadora que a prepara, já que esta pode ser mais interpretativa, dedutiva, conceitual, entre outras.

PUBLICIDADE

“O aluno que se prepara se sente mais confiante. Veja a prova como uma oportunidade para sua carreira. A pressão é grande, mas somente os mais preparados conseguem uma vaga”, afirmou Jesus.