Veja como se comportar na apresentação de um trabalho

Em grupos pequenos, cumprimente todos os presentes na chegada. Para platéias, se apresente no palco; saiba o que fazer na hora da exposição

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – As mãos e o rosto começam a suar, as pernas ficam moles e você sente um calor insuportável. Se você sente tudo isso quando vai apresentar um trabalho, pode ter certeza que é vítima do nervosismo.

Pois este é um ponto que pode afetar diretamente seu desempenho durante a apresentação. Mas para evitá-lo, saiba como se comportar, sem cometer as famosas “gafes” nem deixar clara sua ansiedade.

Na chegada

Este é o momento de cumprimentar as pessoas, se for em uma pequena reunião faça-o dando as mãos para cada um. Em grandes eventos ou palestras, suba no palco ou se direcione ao local de onde irá falar e agradeça a presença e todos. Neste último caso, apenas cumprimente pessoalmente quem vier falar com você.

PUBLICIDADE

Não demonstre nenhum sintoma de nervosismo, o que fará com que as pessoas fiquem inseguras quanto ao que você irá dizer. Não chegue logo se desculpando, o que remete à idéia de falha, somente em caso de atraso.

Na apresentação

Comece como o que foi ensaiado, para não esquecer nada. Qual o primeiro ponto a ser abordado na apresentação? Se preferir, inicie com a exposição dos objetivos da sua ida ao local. Se estiver inseguro, nada de arriscar com piadas, típico de quem está nervoso.

Evite citar o que veio em mente em determinada situação, isso poderá tirar seu foco. Somente faça isso se for para explicar alguma pergunta, para deixar mais clara uma situação. Separe sua apresentação de maneira estratégica e siga o que foi planejado. Separe o tempo de acordo com a importância dos assuntos.

Gesticule

É bom envolver as pessoas, fazer perguntas e as olhar nos olhos. Para isso, gesticule para chamar atenção, mas não exagere ou não mostrará tom de seriedade com relação ao assunto. Interagir com a platéia é fundamental para prender sua atenção.

O mesmo vale para apresentações em grupos de reuniões: deixe com que as pessoas falem. Para que você não se atrapalhe ao gesticular, prefira microfone de lapela, o qual o deixará mais livre.

Quanto ao que irá dizer, não use gírias nem palavrões. Não seja preconceituoso e lembre-se sempre de que estará sendo julgado e não somente ouvido pelos outros. Seja coerente e terá sucesso.