EXPERT XP 2020 As oportunidades do mercado de renda fixa na visão das gestoras Augme, Canvas e Capitânia; assista

As oportunidades do mercado de renda fixa na visão das gestoras Augme, Canvas e Capitânia; assista

Prática

Veja como escrever um e-mail de trabalho convincente

Convencer o seu contato do que você quer, por exemplo, não é uma tarefa fácil, ainda mais se você não pode vê-lo frente a frente

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – No mundo corporativo os e-mails são grandes aliados na comunicação. Contudo, para que você use a ferramenta de maneira proveitosa é necessário seguir algumas práticas.

Convencer o seu contato do que você quer, por exemplo, não é uma tarefa fácil, ainda mais se você não pode vê-lo frente a frente. Se você já passou por uma situação parecida, confira 5 dicas que podem ajudar a criar um e-mail convincente.

1. Marketing: pense no seu e-mail como uma ferramenta direta de marketing, que precisa chamar a atenção rapidamente e oferecer uma mensagem clara e concisa. Dê ao seu leitor motivos para continuar lendo. Isso pode ser feito por meio de várias práticas como criar um bom título para o campo de assunto, começar com o pensamento mais importante, evitar frases generalizadas, etc.

PUBLICIDADE

2. Intimidade: pense no e-mail como uma amizade: quanto mais você conhece a pessoa menos tem a necessidade de agir formalmente com ela. Lembre-se, no entanto, de manter os limites aceitáveis de formalidade, uma vez que se trata do ambiente de trabalho. Comece com e-mails mais políticos e conforme você constrói uma relação com a pessoa se dê o luxo de eliminar certas formalidades que tomam tempo na correspondência eletrônica.

3. Vaidade: embora poucas pessoas tenham a coragem de admitir, todas são vaidosas – nem que seja apenas um pouco. Aproveite-se disso para criar um e-mail realmente convincente. A melhor maneira de utilizar esse recurso é personalizar o e-mail. Seu destinatário vai adorar perceber que você dedicou tempo para construir um texto específico para ele, ao passo que se dar conta de que você usou apenas o famoso “copia e cola” pode deixá-lo irritado e displicente quanto ao que você tem a dizer.

4. Correção: se você quer credibilidade é necessário escrever com correção, especialmente falando de e-mails formais. Não corra o risco de enviar um e-mail com erros para os seus contatos, isso não vai convencer ninguém. Você não é obrigado a saber todas as palavras, mas é obrigado a procurar aquelas que o deixam na dúvida. Uma boa dica é usar o corretor ortográfico do seu programa de edição de texto.

5. Conversa: ainda que seja um e-mail formal, dê a ele um tom de conversa. Faça com que o seu contato se sinta conversando frente a frente com você. Quanto mais a vontade ele estiver com você, mais fácil será convencê-lo daquilo que você deseja.