Ranking

Veja as 10 carreiras que sobram vagas no Brasil

Mais de 71% das empresas brasileiras têm dificuldade para contratar profissionais com o perfil desejado. Os técnicos e trabalhadores de ofício manual lideram a lista

SÃO PAULO – Entre 41 países, o Brasil é o segundo com maior dificuldade para preencher vagas do mercado de trabalho. Mais de 71% dos empregadores brasileiros identificaram problemas para contratar profissionais com o perfil desejado.

Segundo informações da pesquisa global sobre escassez de talentos em 2012, da consultoria ManpowerGroup, o País só perde para o Japão, onde 81% dos empresários afirmaram enfrentar essa dificuldade. Entre as Américas, o Brasil fica muito à frente em relação aos países como os Estados Unidos, com 49%, e Panamá, 47%, que sucederam no ranking.

Já no comparativo global, o Brasil também fica acima da média. A pesquisa revela que 34% dos empregadores de todos os países participantes apresentaram dificuldades para preencher posições pela falta de talentos no mercado de trabalho. “Em geral, 13% dos empregadores em todo o mundo acreditam que as vagas não preenchidas têm um alto impacto em seus negócios”, informou o estudo.

PUBLICIDADE

As principais causas para a dificuldade em preencher são a falta de candidatos disponíveis e a falta de profissionais com habilidades técnicas “hard”.

Faltam profissionais no mercado do Brasil
Os técnicos são os profissionais mais disputados no mercado de trabalho brasileiro. Em seguida, faltam trabalhadores de ofício manual. A consultoria apontou os 10 postos de trabalho que os empregadores têm maior dificuldades para achar talentos, confira abaixo:

PosiçãoProfissões
*ManpowerGroup
1Técnicos
2Trabalhadores de Ofício Manual
3Engenheiros
4Motoristas
5Operadores de Produção
6Contadores e Profissionais de Finanças
7Representantes de Vendas
8Profissionais de TI
9Operários
10Mecânicos