Carreira

Veja 5 mudanças que estão acontecendo no ambiente de trabalho (e como se adaptar)

Com o avanço da tecnologia, o mundo coorporativo está mudando de forma rápida e os profissionais precisam aprender a acompanhar essas mudanças

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Existem conceitos que são, relativamente, novos no ambiente corporativo, como home office, horários flexíveis e trabalho remoto. Isso acontece graças ao avanço da tecnologia que permite ao profissional estar conectado à empresa independente de onde ele esteja.

Com os smartphones, o trabalho está em absolutamente todos os lugares, mudando o modo de agir, pensar e se comportar no trabalho. Com essas mudanças, uma série de regras e padrões seguidos à risca anteriormente foram adaptados para conviverem com as condições do mundo moderno.

O site Love Monday listou as cinco principais mudanças que estão acontecendo no ambiente corporativo e como o profissional pode se adaptar a elas. Confira:

PUBLICIDADE

1- Seu trabalho estará onde você estiver
Termos como “hora do rush”, “rodízio veicular” e “horário de almoço” serão riscados do seu vocabulário. Segundo o metrô de Nova York, por exemplo, os horários denominados “de pico” não existem mais, haja vista que as pessoas estão vivendo e trabalhando de maneiras diferentes. Quer um exemplo disso? Os espaços de co-working – onde você pode trabalhar junto com pessoas de áreas e interesses totalmente diferentes dos seus – estão crescendo vertiginosamente.

O trabalho remoto e o home office também só aumentam. A gigante WordPress, por exemplo, possui 100% de colaboradores remotos. Essa atitude é reforçada pela iniciativa Remote Year, que dá a oportunidade a 100 pessoas de trabalhar, durante um ano, em um país diferente por mês.

2- Você estará disponível o tempo todo
Um dos pontos negativos da tecnologia é que ela permite que qualquer pessoa te ache a qualquer momento do dia. Aquela história de trabalhar oito horas por dia, cinco vezes por semana, não existe mais. Um benefício, porém, é que os empregadores não querem mais saber quanto tempo você trabalhou, mas sim se entregou o que foi pedido.Se você quiser trabalhar de madrugada, por exemplo, mas entregar seu trabalho na data certa, tudo bem.

Um fato interessante é o quão conectadas as pessoas estão e como isso afeta seu dia e até a hora de dormir. Hoje, um adulto dorme, em média, seis horas e meia por noite. Há uma década, esse número era de oito horas e no início do século XX eram dez horas. Estudos apontam que muitas pessoas têm suas noites de sono interrompidas para checar e-mails ou dados.

3- Esqueça os conceitos de trabalho integral com benefícios
Uma pesquisa conduzida pela empresa Upwork, especializada em trabalho freelance, apontou que existiam, em 2014, 53 milhões de freelancers nos Estados Unidos – cerca de 34% da força de trabalho. Nesses casos e cada vez mais, a pergunta deixa de ser “onde você trabalha” para “no que você está trabalhando no momento?”

Ainda segundo esse estudo, grande parte dos trabalhadores freelancers se sente livre e sortuda, ao passo que outra parcela tem a sensação de insegurança e busca um trabalho integral, com benefícios, que estará cada vez mais raro, já que esse conceito de “jobs” em vez de um trabalho fixo será adotado aos poucos.

PUBLICIDADE

4- Não divida mais vida pessoal com trabalho
Sabe aquele conceito de balanço entre vida pessoal e trabalho que as empresas tanto buscam? Ele não existe mais, já que o ideal é você complementar um aspecto com o outro. Prova disso são as redes sociais, que misturam colegas de trabalho com amigos pessoais e família, ao passo que se tornaram também espaços para você divulgar seu currículo.

5- Trabalhe com o que você ama e ganhe dinheiro com isso
Aquele conceito de trabalhar apenas para pagar as contas e cuidar de sua família está cada vez mais fora da realidade, já que as pessoas buscam satisfação profissional como um dos pontos mais importantes na hora de aceitar um emprego. É claro que todo mundo tem contas a pagar e responsabilidades, mas pensar apenas nisso não é a melhor saída e certamente não fará com que você se adapte ao mundo de trabalho moderno.