online

Veja 4 aspectos que irão mudar no ensino à distância

Você tem vontade de fazer um curso online, mas tem medo de se decepcionar? Confira 4 coisas que vão mudar nos próximos anos e irão melhorar o ensino à distância

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Aos poucos, o ensino à distância tem sido cada vez mais procurado por pessoas que não tem tempo ou disposição para realizar um curso presencial. Por conta disso, as instituições têm desenvolvido cada vez mais as suas aulas e material de ensino, além de outras coisas.

A seguir, confira 4 aspectos que irão mudar nos cursos online:

1 – Estudo internacional
O mundo está diminuindo e, hoje em dia, é muito mais fácil entrar em contato com pessoas de outros países. Podemos falar com estrangeiros de forma rápida e acessível e, por conta disso, a educação internacional será muito mais acessível. Salas de aulas com alunos de diversas naturalidades serão comuns e tão eficientes quanto viajar para o exterior.

PUBLICIDADE

2 – Aprender na prática
As habilidades que um curso presencial exige de um aluno só irão aumentar nos cursos à distância. Habilidades como aprendizagem, adaptação, comunicação, analise de dados, uso de tecnologias, realizar pesquisas e trabalhar em grupo serão essenciais para todos os tipos de curso. Além do mais, todas essas características irão ajudar os alunos a aprender na prática o que estão estudando.

3 – Adaptações
Com o aumento de usuários interessados em aprendizagem à distância, os cursos online terão que se adaptar às novas demandas: flexibilidade de tempo, diminuição de barreiras geográficas, aumento da competitividade, menos ênfase em aulas de leitura, tecnologia avançada, que irá aproximar os alunos, diversidade cultural, desenvolvimento baseado na perspectiva do indivíduo e da organização e material atualizado.

4 – O que precisa mudar? 
Algumas mudanças, entretanto, não irão acontecer tão cedo, mesmo com a demanda atual. Entre elas, estão: conseguir provar o seu valor para o aprendizado adulto, antecipar as necessidades dos alunos, procurar formas criativas de lecionar, além de criar parcerias com editoras e outras instituições.

Veja mais matérias de Carreira no Universia.