Salário

Vai negociar o salário? Veja 5 erros que você não pode cometer

A empresa está oferecendo um salário muito baixo? Veja como negociar o valor sem perder as chances da vaga

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Mesmo para os profissionais mais experientes a negociação do salário pode ser difícil, afinal ninguém quer perder a chance de um emprego por causa de um valor muito alto ou aceitar um salário muito baixo.

“Negociação é uma arte, não uma ciência”, afirma a gerente de marketing da Bullhor, Vinda Souza, em entrevista para o site Glassdoor. “Para cada indústria, função e empresa é diferente”.

Encontrar o equilíbrio certo pode ser difícil, mas não é impossível. Veja cinco erros que você não deve cometer:

PUBLICIDADE

1- Não saber o seu valor
Quando se trata de comprar um carro, uma casa ou gastar dinheiro em uma nova TV, a maioria de pesquisa o preço antes de tomar uma decisão. No entanto, essa mesma visão, muitas vezes sai pela culatra com as negociações salariais. 
Independente se você está empregado ou fora do mercado trabalho, você precisa saber quanto custa o seu serviço para poder considerar uma oferta. Veja qual é a remuneração média atual para a sua profissão, cargo e nível de escolaridade.

2- Ter pressa para discutir o salário
É compreensível que você queria saber o valor do salário logo no início da entrevista, mas isso pode te colocar para fora do jogo antes mesmo de começar, porque as suas exigências podem ser muito altas e você nem teve a chance de conquistar o recrutador. O momento ideal para discutir salário é no final do processo seletivo ou da entrevista, quando o seu futuro empregador te escolheu como o candidato ideal.

3- Aceitar a primeira oferta
Muitos candidatos a uma vaga aceitam a primeira oferta de salário por medo que o empregador vai oferecer o emprego para o próximo candidato. Isso pode ter sido verdade há alguns anos, mas a procura por talentos hoje em dia é tão grande que as empresas já estão preparadas para possíveis negociações.
Ao considerar a oferta, é importante ter em mente outros incentivos não salariais e regalias que a empresa está oferecendo.

4- Mentir sobre o quanto você ganha
Você deseja obter o máximo de dinheiro possível, mas se for preciso desonestidade para chegar lá, então talvez não valha a pena. Afinal, se o seu potencial empregador descobrir que você está mentindo, a probabilidade de ele te contratar diminui muito.

5- Abrir a negociação logo após obter uma oferta
Se a oferta salarial for aceitável ou muito baixa talvez seja melhor pensar um pouco no que foi dito antes de tomar algum tipo de decisão. Provavelmente, se a oferta for muito baixa você pode ficar com raiva ou se sentir insultado e se você começar as negociações com as suas emoções elevadas pode acabar mal. Em vez disso, pergunte sobre todos os detalhes da oferta, incluindo as suas oportunidades de crescer na empresa.