Vagas para executivos cresceram 20% no primeiro semestre

Segundo levantamento, foram gerados 4480 postos para gerência e direção no período. Indústria contratou mais

SÃO PAULO – O mercado de trabalho fechou o primeiro semestre aquecido para os executivos. Uma pesquisa realizada pela Laerte Cordeiro revela que no período houve um crescimento de 20% no número de vagas para gerência e direção, na comparação com o mesmo período do ano passado.

De acordo com os dados, foram gerados 4480 postos para executivos. A média mensal de ofertas foi de 747. Os meses de janeiro, fevereiro e maio foram considerados os melhores para conseguir uma recolocação.

Setores
Na análise entre os setores, a Indústria foi a que mais contratou, responsável por 60% vagas. Em seguida aparecem Serviços, com 35%, Comércio (3%) e Bancos (2%). Entre os segmentos destacam-se Engenharia, Comércio, Confecções, Embalagens, Autopeças, Metalurgia e Automóveis e Tratores.

PUBLICIDADE

Em relação às áreas que mais contrataram estão Geral de Produção/Técnica (Engenharia), com 34% das vagas, seguidas de Marketing/Vendas, com 32%, e Serviços Internos (Tecnologia da Informação, Recursos Humanos e Jurídico), com 15%.

Já Finanças/Controle aparece na sequência com a abertura de 14% dos postos, enquanto Gerência Geral ou Equivalentes registrou 5% das oportunidades do primeiro semestre.

Sobre os cargos, o maior número de vagas foi oferecido para Diretores/Gerentes Comerciais, de Vendas, de Produção, Logística, Industriais, de Recursos Humanos e Gerentes Gerais.

Segundo semestre
Para o próximo semestre, a pesquisa indica que é possível que haja um aumento no número de oportunidades para executivos, caso a preocupação com a taxa de juros, a inflação, as dificuldades para exportar, a queda das vendas no consumo e aumento da inadimplência dos consumidores diminua com o passar dos meses.