{v} “Taxa de desemprego deve continuar em queda”, diz economista

Indicador recuou pelo segundo mês consecutivo, para 7,5% em outubro; em setembro, havia ficado em 7,7%

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Divulgada nesta quinta-feira (26) pelo IBGE, a taxa de desemprego no Brasil recuou pelo segundo mês consecutivo e ficou em 7,5% em outubro. Com a queda, a taxa se iguala à registrada no mesmo período do ano passado.

Em entrevista à InfoMoney TV, a economista-chefe da Rosenberg Corretores & Associados, Thaís Zara, diz que a trajetória de queda do indicador deve continuar e pode retornar aos níveis registrados em dezembro do ano passado, de 6,8%, por conta dos empregos temporários. Confira!