UE deve aceitar somente profissionais estrangeiros técnicos ou de nível superior

De acordo com o representante da UE no Brasil, medida visa ordenar entrada de imigrantes e dar acesso a todos à segurança social

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Em um futuro próximo, apenas profissionais de nível técnico ou superior vindos de outros países devem poder trabalhar nos países da UE (União Europeia).

Isso porque, segundo publicado pela Agência Brasil, a UE quer definir para breve uma nova política migratória, estabelecendo regras a partir de uma relação de profissões úteis para cada país do bloco, além de outros critérios para a entrada de imigrantes.

De acordo com o representante da UE no Brasil, o embaixador português João José Soares Pacheco, a medida tem como objetivo ordenar a entrada de imigrantes na região e dar acesso a todos à segurança social e às garantias trabalhistas.

Aprenda a investir na bolsa

“Vamos continuar a aceitar os imigrantes. Eles são necessários e fazem parte da nossa política. Nós sabemos que vamos precisar da mão de obra dos imigrantes, pois há um envelhecimento da população e faltam trabalhadores em áreas específicas”, disse.

Cuidados
Trabalhar no exterior é o sonho de muitos profissionais. Para alcançar esse objetivo, dizem especialistas, existem dois caminhos: ou trabalhar em uma empresa no Brasil que ofereça essa oportunidade ou se candidatar a vagas de empresas em outros países.

Sobre a segunda opção, contudo, é necessário atenção para não cair em uma armadilha. Dessa forma, é imprescindível buscar informações sobre a reputação da empresa na mídia e nas redes sociais.

Além disso, o profissional deve ser muito detalhista em relação aos benefícios, especialmente os de saúde, e em relação à documentação necessária para trabalhar legalmente no país. Como dica, é aconselhável ter um segundo plano, caso a empresa frustre as expectativas.