Direitos

Twitter iguala período de licenças paternidade e maternidade dos funcionários

No Brasil, a iniciativa passa a valer a partir desta segunda-feira (4)

Twitter
Twitter

SÃO PAULO – A partir desta segunda-feira (4) os funcionários do Twitter no Brasil terão direito à licença paternidade de 20 semanas, mesmo período concedido às mulheres após o nascimento dos filhos. A licença também é válida em casos de adoção.

A iniciativa começou a ser implantada em maio deste ano nos Estados Unidos e está sendo adotada por todos os escritórios do Twitter. No Brasil, os funcionários estão divididos nos escritórios do Rio de Janeiro e São Paulo.

“O benefício está em linha com a cultura de trabalho no Twitter, que valoriza a flexibilidade e o equilíbrio entre a vida pessoal e profissional. Isso facilita a priorização da família neste momento importante e a participação igualitária de pais e mães na vida dos filhos”, disse Mariabrisa Olivares, diretora de recursos humanos do Twitter para América Latina.

PUBLICIDADE

Além da licença paternidade, o Twitter oferece grupos de discussões para os pais e o programa Boa Hora, em que as gestantes podem receber orientação e acompanhamento durante toda a gravidez e sem custos.