Turismo: possibilidade de conhecer novas culturas encanta aspirantes à carreira

Apesar de apaixonante, profissão tem dificuldades como qualquer outra; conheça-a melhor para encará-la com sucesso!

SÃO PAULO – Quando se pensa no curso de Turismo, logo vem em mente a oportunidade de viajar de graça para diversos países, conhecer muitos hotéis luxuosos e curtir a vida conhecendo novas culturas e pessoas interessantes.

Sem estragar o sonho de ninguém, vale dizer que a profissão não se resume só a este lado poético. A chance de tudo isso acontecer existe sim, mas primeiro você terá que estudar e trabalhar muito para ver as coisas realmente se concretizarem.

Planejamento

Pode-se dizer que o bacharel em Turismo tem, como tarefa, responder pelo planejamento, organização e divulgação de viagens e eventos, sejam eles direcionados ao lazer ou aos negócios. Simples?

PUBLICIDADE

O campo é vasto: na execução de suas atividades, o profissional tem a chance de trabalhar em diversos ambientes, como agências de viagens, empresas, hotéis, centros de convenções ou mesmo em órgãos do Governo (municipal, estadual ou federal), na promoção do turismo local.

Começo difícil

Portanto, como na maioria das carreiras, é preciso estar preparado para trabalhar muito e ganhar pouco no início, já que, além do conhecimento, o êxito na profissão vem mesmo com a experiência.

Mais uma vez, o diferencial também conta. Por isso, é bastante freqüente encontrar estudantes de Turismo que cursem outra faculdade em paralelo, como História, Museologia ou Educação Física (para se especializar em recreação em hotéis, por exemplo), entre outras.

A idéia é agregar conhecimento e experiência, o que não é fácil no começo. Em vista disso, é importante destacar o real interesse pela profissão e características próprias que destaquem sua ascensão, como dinamismo, criatividade, facilidade de se relacionar, carisma e senso de oportunidade.

Novos caminhos

Não é à toa que novas disciplinas têm sido implementadas no currículo do curso superior de Turismo. Hoje o aluno tem contato com Marketing, Publicidade, Planejamento, Hotelaria, Administração Financeira, Informática, Legislação e eventos, entre outras.

A intenção é ampliar a área de atuação deste profissional que, caso utilize sua criatividade e saiba garantir seu espaço, poderá crescer em diversas opções de serviços.

O importante é ter consciência de que a atividade vai muito além das agências de viagens e hotéis. Aliando o seu conhecimento à Hotelaria, por exemplo, o profissional pode atuar em instituições voltadas à saúde, como spas, hospitais e clínicas. Afinal, nestes locais o cliente, ou paciente, também tem todo o direito à boa acomodação e atendimento, certo?

O turismo de negócios também tem sido bastante valorizado, principalmente nas cidades de maior porte, que sediam grandes feiras e eventos empresariais. No mesmo caminho, segue o setor de ecoturismo, com a divulgação de roteiros turísticos alternativos e o crescimento dos parques temáticos.

Saiba mais sobre o currículo

A grade curricular mínima do curso conta ainda com disciplinas voltadas à área de Humanas, como história, geografia e português. Atividades práticas também são realizadas com bastante freqüência durante a faculdade, para que o aluno possa aprender a planejar e organizar eventos e roteiros de viagens e passeios.

Procure conhecer a fundo a faculdade escolhida, antes de prestar o vestibular. Isso porque o curso pode ter dois enfoques diferentes: mais voltado à administração ou então dirigido à hotelaria e turismo. O curso dura, em média, quatro anos.