Trabalho: um em cada três profissionais não consegue se adaptar a mudanças

"Grande parte das pessoas tem dificuldade em lidar com mudanças e carecem de orientações", diz especialista

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Mudanças na rotina de trabalho são um verdadeiro problema para 31% dos profissionais, que não conseguem se adaptar a elas. O resultado faz parte de uma pesquisa da consultoria organizacional Right Management.

O presidente da Right Management, Douglas J. Matthews, explica que os desafios criados pelo cenário atual exigem que líderes façam uma série de mudanças, desde redução do quadro de funcionários a reestruturações radicais nos processos.

“Como os resultados da apuração indicam – com apenas um em cada quatro trabalhadores tendo agilidade para adaptar-se a mudanças -, a maioria das empresas não prepara seus funcionários a lidar com mudanças. Como resultado, estratégias de gerenciamento de mudanças tendem a falhar, minando a habilidade da organização de alcançar as metas que a iniciativa de mudança havia projetado”, diz.

Resultados

Aprenda a investir na bolsa

O levantamento foi realizado junto a cem profissionais seniores de Recursos Humanos na América do Norte, que responderam a seguinte pergunta: “Sua mão-de-obra pode se adaptar a mudanças e aumentar a efetividade no trabalho?”. Confira as respostas:

  • 31% – Não, o compromisso do funcionário e a produtividade são os principais riscos;
  • 43% – Um pouco, nossa mão-de-obra consegue fazer o trabalho, mas a moral da equipe sofre;
  • 26% – Sim, nossa mão-de-obra é muito ágil e responde bem a novos desafios.

Para Matthews, a maioria das estratégias dos líderes tende a falhar por causa da natureza humana. “Grande parte das pessoas tem dificuldade em lidar com mudanças e carecem de orientações de comportamento necessárias para que possam se adaptar com mais facilidade aos cenários de mudança. Alguns instrumentos de avaliação podem ajudar a empresa a avaliar a propensão de um indivíduo para lidar com a mudança e o coaching adequado pode ajudá-los a fazer uma ponte para atitudes que reflitam competência”.

Segundo ele, os obstáculos mais comuns originam-se da falta de planejamento, preparo e habilidade em administrar o processo de mudança, por parte do líder. “Com planejamento cuidadoso e suporte dos principais líderes, as empresas podem ajudar seus funcionários a se adaptar às mudanças, mantendo o compromisso e a produtividade deles, bem como levando o desempenho a novos patamares”.