Inclusão

Trabalho flexível pode colocar mais mulheres em cargos de chefia

A abordagem de trabalho mais flexível que muitas empresas adotaram durante a pandemia pode proporcionar o avanço na carreira com equilíbrio de gênero

Business woman study financial market to calculate possible risks and profits.Female economist accounting money with statistics graphs pointing on screen of computer at desktop. Quotations on exchange
(Getty Images)
Aprenda a investir na bolsa

O trabalho flexível pode ser a solução para empresas que buscam contratar mulheres para cargos de chefia, de acordo com novo estudo da Zurich Insurance.

As inscrições de mulheres para cargos de gestão aumentaram 20% depois que a seguradora anunciou todas as posições possíveis com opções de meio período, trabalho compartilhado ou flexível como parte da pesquisa com o Behavioural Insight Team do governo do Reino Unido.

O número de mulheres contratadas para cargos seniores aumentou cerca de 30% como resultado direto, segundo comunicado na terça-feira.

Aprenda a investir na bolsa

O estudo – que foi conduzido antes de a Covid-19 causar paralisações generalizadas em toda a Europa – mostra como a abordagem de trabalho mais flexível que muitas empresas adotaram durante a pandemia pode proporcionar o avanço na carreira com equilíbrio de gênero.

Melhores da Bolsa 2020
Cadastre-se gratuitamente para participar do encontro entre os CEOs das melhores empresas listadas na Bolsa e gestores de grandes fundos, entre os dias 24 e 26 de novembro:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.

Apesar do aumento da participação econômica nos últimos anos, as mulheres têm mais probabilidade de assumir a maioria das responsabilidades domésticas e de cuidados. Isso é frequentemente citado como subjacente à menor proporção de mulheres nos altos escalões das empresas e ao fato de que, em média, os homens ganham mais.

A iniciativa não beneficia apenas as mulheres. As inscrições de candidatos do sexo masculino e feminino mais do que dobraram depois que as opções foram oferecidas, segundo a Zurique.

“Isso mostra claramente que não são apenas as mulheres que têm outras responsabilidades, seja um esporte ou de cuidados, que as pessoas querem uma capacidade de trabalho um pouco mais flexível”, disse Alison Martin, CEO da Zurich EMEA, em entrevista à rádio Bloomberg.

O lado desconhecido das opções: treinamento gratuito do InfoMoney ensina a transformar ativo em fonte recorrente de ganhos – assista!