Trabalho: entre profissionais com ensino superior, mulheres são maior parte

Segundo o Ministério do Trabalho e Emprego, desses profissionais, 3,6 milhões são mulheres, contra 2,5 milhões de homens

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Considerando os profissionais com ensino superior completo no Brasil, o mercado de trabalho possui mais mulheres do que homens.

De acordo com dados da Rais (Relação Anual de Informações Sociais), divulgados recentemente pelo Ministério do Trabalho e Emprego, elas eram 3,6 milhões dos profissionais com esse grau de escolaridade em 2008, enquanto eles eram 2,5 milhões.

“Há mais homens ocupando empregos que exigem menos escolaridade porque são vagas que, normalmente, exigem mais trabalho braçal. O mercado de trabalho busca profissionais mais bem preparados, com mais estudo. É um aviso aos jovens para que não deixem de estudar”, afirmou o ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi.

Crescimento no emprego

Aprenda a investir na bolsa

No ano passado, a força de trabalho feminina também registrou um crescimento acima do registrado na masculina. A alta foi de 5,5% para elas e de 4,4% para eles.

Considerando os profissionais que completaram até o Ensino Médio, o crescimento foi maior entre os homens, de 10,68%, contra 8,80% para as mulheres. Neste nível de escolaridade, foram registrados 1,3 milhão de novos postos em 2008.