Trabalhador pode evitar filas utilizando outros meios de atendimento da Caixa

Atualizações dos dados informados no Termo de Adesão podem ser feitar por telefone ou através dos PATs

SÃO PAULO – Com o pagamento dos créditos complementares do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) muitos trabalhadores estão preocupados com a possibilidade de não receberem o dinheiro, o que tem resultado em enormes filas nas agências da Caixa Econômica.

Atualização de dados por ser feita por telefone

É natural que o fluxo de clientes nas agências tenha se multiplicado no último mês, mas o que tem atrapalhado o atendimento nas agências é o grande número de pessoas que ainda estão perdidas e por isso procuram a instituição para solucionar dúvidas que, na maioria das vezes, podem ser sanadas através de outros meios disponibilizados pela Caixa.

Um dos problemas principais é quando o trabalhador que, ao preencher o termo de adesão, acaba informando algum dado errado. A Caixa alerta que estes casos podem ser resolvidos diretamente na boca dos caixas, por telefone ou nos Postos de Atendimento (PATs), não é necessário preencher um novo documento. No entanto é preciso aguardar cerca de 15 dias para receber o dinheiro, pois este é o prazo necessário para que os novos dados sejam processados pela Caixa.

Ligação após as 20horas

A Caixa atende por telefone através do número (11) 4196 6601 (Grande São Paulo) ou 0800 550101 (demais localidades). O fluxo de ligações é bem grande chegando a 800 mil chamadas por dia e, portanto, a recomendação é que o trabalhador ligue após as 20h, já que o fluxo de ligações é menor e o serviço funciona 24 horas por dia.

PUBLICIDADE

Ao atualizar os dados por telefone o trabalhador estará contribuindo automaticamente para o melhor atendimento da Caixa e ainda por cima estará gastando seu tempo nas longas filas das agências.