Discurso

Tim Cook provoca Microsoft durante discurso aos formandos do MIT; assista

Entre outros assuntos, o CEO falou sobre tendências atuais da tecnologia, como a inteligência artificial, redes sociais e smartphones, mas explicando também que “a tecnologia sozinha não é a solução, muitas vezes é até parte do problema“

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Na manhã desta sexta-feira (9), o CEO da Apple. Tim Cook, discursou aos formandos deste ano do MIT (Massachusetts Institute of Technology), considerada a melhor universidade do mundo pelo ranking da QS, durante a cerimônia de colação de grau. O discurso foi transmitido ao vido pela TIME Magazine.

Entre outros assuntos, o CEO falou sobre tendências atuais da tecnologia, como a inteligência artificial, redes sociais e smartphones, mas explicando também que “a tecnologia sozinha não é a solução, muitas vezes é até parte do problema”.

O que mais chamou a atenção de quem assistiu ao discurso, entretanto, foi a menção que ele fez à Microsoft. Em determinado momento, enquanto contava sobre sua carreira e que passou muito tempo “tentando decidir o que fazer da vida”, ele contou: “Eu entrei na universidade de Duke, procurando a resposta. Tentei meditar, procurei orientação na religião. Li grandes filósofos e autores e, em um momento de indiscrição juvenil, talvez eu tenha até experimentado um PC com Windows. Obviamente, isso não deu certo”, disse, depois explicando que se encontrou quando entrou na Apple, há 20 anos.

PUBLICIDADE

Em outros momentos do discurso, Cook também comentou que ele não se preocupa sobre a possibilidade de os computadores começarem a pensar igual os humanos, o que pode acontecer graças à inteligência artificial, mas que está mais preocupado “com as pessoas pensando como computadores, sem valores ou compaixão, sem preocupação com as consequências”.

O discurso de Cook durou cerca de 20 minutos. Assista, em inglês, abaixo, a partir dos 07:37: