TI: empresas que aderem à terceirização apresentam crescimento na receita

Segundo IBM, essas empresas reduziram os custos gerais, administrativos e de vendas nos primeiros dois anos

SÃO PAULO – Uma pesquisa realizada pela IBM aponta que empresas que aderiram aooutsourcing  registraram, em dois anos, um crescimento de receita 4,3 pontos percentuais maior do que concorrentes diretos que continuaram gerenciando sua infraestrutura de TI (Tecnologia da Informação).

Além de aumentar a receita, essas empresas reduziram os custos gerais, administrativos e de vendas.

No primeiro ano de contrato de terceirização dos serviços, as empresas apresentaram maior redução de despesas administrativas e de vendas, com índice equivalente a 2,9 pontos percentuais menor que o de seus concorrentes que não contrataram o serviço.

PUBLICIDADE

“O estudo reforça que a terceirização é hoje mais do que uma forma de baixar custos operacionais. O outsourcing já é reconhecido como parte relevante da estratégia corporativa, por permitir maior foco dos líderes no core business  e também por contribuir positivamente para o balanço financeiro da empresa”, afirma a diretora de Outsourcing da IBM Brasil, Ana Paula Assis.

Melhor desempenho
O levantamento indica ainda que essas empresas alcançaram também melhor desempenho em três métricas-chave financeiras: EBT (receita pré-impostos), receita operacional e ROA (retorno sobre ativos).

No período, houve aumento de 3,2% no crescimento de receita operacional em relação à concorrência. Já o retorno sobre ativos teve alta de 0,13%.

“Embora esse crescimento não pareça substancial, a métrica tem como base o lucro líquido dividido pelo total de ativos. Sendo assim, mesmo uma pequena ascensão pode se traduzir em ganhos financeiros significativos”, diz Ana Paula.

Custos administrativos
Sobre os custos administrativos, o estudo afirma que as empresas não só se destacaram dentro dos seus setores de atuação, mas também se desenvolveram melhor que no período pré-terceirização.

No primeiro ano de contrato, a empresas reduziram custos administrativos e de vendas em 3,5 pontos percentuais. Já no segundo, elas aumentaram em 4,5% o crescimento de receita anual, quando comparado ao período em que gerenciavam a infraestrutura em TI.

Sobre a pesquisa
O estudo foi realizado com 244 empresas de diferentes países que iniciaram projetos de terceirização em larga escala entre 2001 e 2006.