Trabalho a bordo

Temporada de cruzeiros deve empregar mais de 3 mil profissionais

Por lei, ao menos 25% da tripulação de cada embarcação tem de ser composta por brasileiros

SÃO PAULO – A temporada de cruzeiros está chegando. Segundo a Abremar (Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos), ela começa no mês de novembro e termina em abril do próximo ano. Neste período, o litoral brasileiro terá a presença de 15 navios.

Para atender os 762 mil turistas que aproveitaram 280 roteiros na costa brasileira serão necessários contratar 3.307 tripulantes no País. “Se contarmos ainda os empregos gerados em escritórios, agências de viagem, receptivos e nas cidades onde os navios fazem escala, este número é quadruplicado”, explica o presidente da associação, Ricardo Amaral.

Lei
A associação afirma que o setor de cruzeiros obedece à legislação nacional de cabotagem, que exige que pelo menos 25% da tripulação de cada embarcação seja composta por brasileiros.

PUBLICIDADE

Geralmente, o trabalho a bordo é ocupado a jovens entre 18 e 35 anos que tem inglês fluente para as áreas de restaurante, bar, limpeza, recreação e para vagas de fotógrafo, massagista, manicure, cabeleireiro e outros. O salário varia entre US$ 550 e US$ 1200.