Tempo considerado de estabilidade no emprego é de 3,5 anos, revela pesquisa

Em níveis hierárquicos maiores e quando o profissional é mais maduro, a estabilidade empregatícia desejável aumenta

SÃO PAULO – Pesquisa realizada pela Catho Online mostrou que a maioria dos presidentes e diretores das empresas têm alguma restrição a profissionais que passam por períodos curtos dentro de cada companhia. O período mínimo de permanência considerado ideal pelos recrutadores é de, em média, três anos e meio.

Gerentes e supervisores também não veem com bons olhos a curta permanência nos empregos anteriores, já que 84% deles possuem restrições quanto ao tipo de funcionário que pula de “galho em galho”, ante 89,3% dos presidentes e diretores.

“Estes dados refletem o pensamento do empregador, que valoriza profissionais que permanecem muito tempo nas empresas. Assim, há como investir neste capital humano, para que ele cresça juntamente com a organização”, afirmou o diretor de Marketing da Catho Online, Adriano Meirinho.

Tempo ideal

PUBLICIDADE

A estabilidade empregatícia considerada desejável por recrutadores é de três anos e meio, em média, revelou o estudo intitulado “A Contratação, a Demissão e a Carreira dos Executivos Brasileiros”.

A pesquisa mostrou que este período tido como ideal vem se mantendo há algum tempo. Para profissionais mais maduros e de níveis hierárquicos mais elevados, tende-se a considerar um tempo ligeiramente maior, de cerca de quatro anos, de acordo com a tabela abaixo:

CargoTempo médio considerado de
estabilidade empregatícia
Presidente, gerente geral ou equivalente3,7 anos
Vice-presidente3,6 anos
Diretor3,8 anos
Gerente3,5 anos
Coordenador, supervisor ou chefe3,5 anos
Profissional especializado3,2 anos
Trainee/recém-formado2,9 anos
Cargo operacional3 anos
Cargo administrativo2,9 anos
IdadeTempo médio considerado de
estabilidade empregatícia
Menos de 25 anos2,8 anos
De 25 a 30 anos3,1 anos
De 31 a 35 anos3,3 anos
De 36 a 40 anos3,6 anos
De 41 a 45 anos3,7 anos
De 46 a 50 anos3,8 anos
De 51 a 55 anos4 anos
De 56 a 60 anos3,9 anos
Acima de 60 anos4 anos

Fonte: Catho Online

Sobre a pesquisa

A pesquisa foi realizada entre os meses de março e abril deste ano. A análise contou com a opinião de 16.207 participantes, que responderam a um formulário online com 299 perguntas, questionando sobre estas três dimensões da vida do profissional: a contratação, a demissão e a carreira. Foram levadas em consideração apenas as respostas de profissionais que trabalham em empresas privadas e que possuem mais de 18 anos de idade.