Tecnologia: pesquisa revela que checar e-mail a toda hora causa estresse

"O cérebro das pessoas fica cansado por parar por alguns minutos para checar e-mails", diz coordenadora de pesquisa

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Pesquisa realizada pela Universidade de Glasgow, na Escócia, revela que um dilúvio de e-mails interrompendo constantemente o trabalho estressa os profissionais. Na tentativa de verificar as mensagens, eles se sentem mais cansados, frustrados e menos produtivos.

De acordo com a coordenadora da pesquisa e integrante do Departamento de Ciência da Universidade de Glasgow, Dr. Karen Renaud, os profissionais devem checar os e-mails apenas algumas vezes ao dia para reduzir o nível de estresse, protegendo sua saúde e se sentindo menos invadidos pelas mensagens.

“O e-mail é um fator que hoje causa os maiores problemas na vida profissional. É uma ferramenta incrível, mas o e-mail perturba o profissional. Você quer saber o que está nele, principalmente se for de algum membro da família ou de algum amigo, do seu chefe e, então, você pára o que está fazendo para ler a mensagem”.

Depois da distração…

Aprenda a investir na bolsa

O problema, por sua vez, acontece quando você volta ao trabalho, uma vez que perdeu a linha de raciocínio. “O cérebro das pessoas fica cansado por parar por alguns minutos para checar e-mails”. Conforme explicou Karen, quanto mais uma pessoa se distrair, ela se sentirá mais cansada e menos produtiva.

Junto com a psicóloga Judith Ramsay, da Universidade de Paisley, e do estatístico Mario Hair, Karen entrevistou 177 pessoas, principalmente acadêmicos e envolvidos em trabalhos criativos, para analisar como elas lidavam com o recebimento de e-mails.

Eles encontraram que 34% dos profissionais se sentem estressados pelo grande número de e-mails e pela obrigação de respondê-los rapidamente. Outros 28% também têm a mesma sensação, mas porque se sentem pressionados pelas mensagens. Apenas 38% se sentem relaxados, porque só respondem no período depois de um dia ou uma semana.

Os neuróticos

De acordo com o estudo, os profissionais em um computador trocam suas atividades para checar os e-mails entre 30 e 40 vezes por hora, em um período entre alguns segundos e minutos. Porém, metade dos entrevistados disse olhar as mensagens uma vez a cada hora e 35% afirmaram fazer a cada 15 minutos.

O estudo afirmou que, quando os profissionais lêem a mensagem, geralmente eles sentem que têm a responsabilidade de responder rapidamente para atender as expectativas de quem enviou. “Mulheres, em particular, tendem a se sentir mais pressionadas a responder do que os homens”.

A recomendação, para não piorar a situação, é de que os supervisores das equipes não pressionem os funcionários a responderem rapidamente os e-mails.

PUBLICIDADE