AO VIVO Especialista recomenda ativo ao vivo em aula sobre Fundos Imobiliários

Especialista recomenda ativo ao vivo em aula sobre Fundos Imobiliários

Tecnologia da Informação vai gerar 630 mil vagas na AL; destaque fica para o Brasil

País compreende 47% do total de vagas existentes na região, o que representa uma soma de 892 mil profissionais

SÃO PAULO – A América Latina deve gerar, entre os anos de 2006 e 2009, 630 mil vagas na área de Tecnologia da Informação. A perspectiva é da International Data Corporation (IDC), consultoria especializada do setor, após conclusão de estudo.

O resultado mostra uma tendência de crescimento sustentado da área na região, com destaque para o Brasil, que tem o maior número de profissionais atuando em TI.

Trabalhadores

“Ao todo são 892 mil trabalhadores, 47% do total de vagas existentes na AL”, afirmou a gerente de Consultoria da IDC, Alexandra Reis.

O México é o segundo em contratações (429,6 mil), seguido pela Argentina (179 mil). “Além disso, o Brasil será o país com maior projeção de crescimento, de 8,7%, ante estimativa de 6,3% do mercado mexicano”, acrescentou.

Gastos

Os gastos com TI na América Latina chegaram a US$ 28 bilhões em 2005, devendo superar US$ 39 bilhões – um crescimento de 8,9%.

Desse total, quase metade – 45% – foi aplicado no mercado brasileiro, somando US$ 2,55 bilhões. O País também deve contar com a maior taxa de ampliação, de 11,8%, para os próximos quatro anos.