TCC pode abrir portas no mercado de trabalho

Para isso, entretanto, o aluno deve prestar atenção na adaptação do trabalho de conclusão de concurso ao mercado, alerta especialista

SÃO PAULO – O trabalho de conclusão de curso, famoso como TCC, pode ter um papel maior do que o de garantir o diploma de curso superior: ele pode abrir portas no mercado de trabalho. Quem alerta é a professora de Planejamento, Recrutamento e Seleção de Pessoal da Pós-Graduação em Administração de Recursos Humanos da FAAP (Fundação Armando Alvares Penteado), Cláudia Serrano.

“O aluno tem de pensar na graduação como um momento de construção da carreira profissional. Assim, o TCC deve ser pensado como algo que o diferencie no mercado de trabalho naquele ano em que ele está se formando”, diz.

Adequando o trabalho
Por outro lado, de acordo com Cláudia, nem todos os trabalhos podem ser um passaporte para o sucesso profissional, e isso nada tem a ver com notas, mas sim com a adaptação do trabalho ao mercado propriamente dito.

PUBLICIDADE

“Obviamente, os olhos se voltam para aqueles alunos que receberam nota máxima. Contudo, não podemos ter uma visão muito estreita, pois há excelentes trabalhos que por erros de estruturação não receberam nota dez. Na verdade, o interessante é que o aluno desenvolva um tema que possa gerar interesse no mercado”, explica.

No geral, segundo a professora, os ramos de tecnologia, telecomunicações, química e farmacêutico são os que mais prestam atenção no trabalho desenvolvido por recém-formados, sendo que tais áreas também valorizam muito os candidatos que desenvolveram algum tipo de pesquisa durante a faculdade.

Além disso, o TCC também pode se tornar um passaporte para o sucesso entre os profissionais que já se encontram empregados, facilitando uma efetivação, no caso de estagiários, ou uma promoção.

Comece antes
O gerente de projetos do Grupo Foco, Rudney Pereira, concorda, mas lembra que, para o TCC ter algum peso em uma seleção de trabalho, é preciso que ele tenha muita qualidade.

Dessa forma, orienta ele, os alunos devem começar a pensar no TCC muito antes do último ano, sendo válida a conversa com profissionais já inseridos em empresas para adequar o trabalho o máximo possível ao mercado.