Taxa de desemprego é a menor para o mês de outubro desde 2002

Segundo dados do IBGE, nível de desocupação se manteve estável frente a setembro deste ano; taxa foi de 5,8% no mês

SÃO PAULO – Em outubro, a taxa de desemprego nas seis principais regiões metropolitanas do País permaneceu estável frente ao mês anterior, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). De acordo com dados da Pesquisa Mensal de Emprego, divulgada nesta quinta-feira (24), a taxa de desemprego ficou em 5,8% no mês – essa é a menor taxa para um mês de outubro desde 2002.

O nível de desocupação em setembro deste ano foi de 6%, mesmo patamar observado em agosto. Frente a outubro de 2010, quando a taxa era de 6,1%, observa-se queda de 0,3 ponto percentual.

A população desocupada no décimo mês do ano foi estimada em 1,4 milhão, registrando estabilidade frente aos dados apurados no mesmo mês do ano passado. Também não houve variação na comparação com setembro deste ano.

PUBLICIDADE

Regiões
No décimo mês do ano, frente ao mesmo período de 2010, verificou-se quedas em três das seis regiões analisadas, como mostra a tabela abaixo: 

LocalOutubro de 2010Outubro de 2011
Recife8,0%6,0%
Salvador9,9%9,4%
Belo Horizonte5,3%4,5%
Rio de Janeiro5,7%5,7%
São Paulo5,9%5,6%
Porto Alegre3,7%4,4%
Total6,1%5,8%

Ocupados
Em outubro, a população ocupada (22,7 milhões) apresentou alta de 1,5% frente ao mesmo mês de 2010 e estabilidade na comparação com setembro deste ano.

Sobre o perfil dos contratados, a pesquisa indica que o contingente de trabalhadores com carteira assinada (11 milhões) permaneceu estável em relação a setembro e cresceu 7,4% no ano.