Supermercados devem aumentar contratações nos próximos meses, diz Apas

Empresários do setor disponibilizarão 11,5 mil novas vagas até o fim de 2011 para atender a demanda do Natal

SAO PAULO – O setor de supermercados espera contratar 11,5 mil trabalhadores até o fim de 2011. Para se ter uma ideia, em 2010 foram criados 10.984 postos por conta do tradicional aumento da demanda provocado pelo Natal, segundo informações da Apas (Associação Paulista de Supermercados).

Contudo, tal projeção ainda se encontra abaixo da esperada para o segmento. “Só não há um crescimento maior, por conta da falta de mão de obra qualificada”, afirma o diretor de economia da Apas, Martinho Paiva Moreira.

Segundo ele, o setor encontra uma grande dificuldade para encontrar novos colaboradores para quase todos os tipos de vagas. E isso vai desde o cargo de operador de caixa até ao de confeiteiro. ”A dificuldade é expressiva para as vagas especializadas como padeiro e açougueiro”, afirma.

PUBLICIDADE

Encargos trabalhistas
Outro fator apontado como dificultador de tais contratações são os elevados encargos trabalhistas, que inibem o empresário no momento da contratação.

“Vale ressaltar que, com mão de obra qualificada e menor incidência de encargos trabalhistas, o setor teria condições de absorver mais funcionários, já que possui déficit de mão de obra”, diz Moreira.