Sucesso profissional: maioria dos homens mede a partir do salário

Para conquistar sucesso, 52% deles sacrificam tempo com a família, enquanto apenas 48% das mulheres assumem a prática

SÃO PAULO – Para 57% dos homens, o dinheiro é a melhor medida para o sucesso profissional. Entre as mulheres, a proporção cai para 47%. Isso é o que mostra estudo divulgado, na quarta-feira (3), pelo Ibope Mídia.

Para conquistar esse sucesso, 52% dos homens sacrificam o tempo com a família, enquanto apenas 48% das mulheres assumem a prática.

Atingir o topo mais alto da carreira é o objetivo de 47% dos profissionais do sexo masculino e de 33% das profissionais do sexo feminino.

Mulheres em progresso

PUBLICIDADE

O estudo “Novo Homem: Comportamento e Escolhas” mostra que eles se consideram preparados para lidar com mulheres mais bem-sucedidas do que eles.

Enquanto metade das mulheres assume que ambos os sexos têm as mesmas oportunidades de trabalho, a proporção entre eles é de 80%.

Além disso, 21% concordam com a frase de que “o lugar da mulher é dentro de casa”. O percentual aumenta entre os casados, com 24% que afirmaram que as mulheres não devem trabalhar.

Mercado de trabalho

A maioria (84%) dos homens que trabalha é chefe de família e ainda está no mercado formal.

Nos últimos três meses, apenas 13% deles realizaram trabalho voluntário. As empresas onde a maior parte deles trabalha têm mais de 88 funcionários.

Os dados mostram que enquanto os homens são 57% no mercado de trabalho, as mulheres representam 43%. Embora elas estejam em plena ascensão, 57% dos cargos de direção e gerência são ocupados por homens.