SP tem maior crescimento no número de empregos formais em janeiro

Estado respondeu por mais de 65 mil empregos com carteira assinada, o que representa 53,9% das vagas do País

SÃO PAULO – O número de novas vagas de emprego formal no estado de São Paulo obteve o maior crescimento da história em janeiro deste ano. Foram 65.112 postos de trabalho criados, o que corresponde a 53,9% do total (142.921), de acordo com dados do Caged (Cadastro Geral de Emprego), do MTE (Ministério do Trabalho e Emprego).

O resultado obtido pelo estado, inédito na série histórica da pesquisa, também supera o de outros estados, sendo 250% maior do que o do Rio Grande do Sul, que aparece em segundo lugar no saldo de geração de empregos, com 19.029 novas vagas.

Somente na região metropolitana de São Paulo, que abrange 39 municípios, houve a geração de 33.123 empregos, número maior que o de toda a região Centro-Oeste, onde houve a criação de 22.679 postos de trabalho.

Setores

PUBLICIDADE

De acordo com o Caged, todos os setores de atividade econômica contribuíram para o crescimento, com destaque para Indústria de Transformação, que teve a geração de 30.655 novas vagas.

Outros setores que também tiveram grande crescimento no emprego formal foram Serviços (23.464) e Construção Civil (13.269).

Brasil

Nos últimos 12 meses, o Brasil registrou a criação de mais de 1,654 milhão de empregos formais, uma expansão de 6,03%.

“Continuo afirmando que teremos em 2008 o melhor ano da geração de emprego, 1,8 milhão de novas vagas e um crescimento de 6% no setor formal”, disse o ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi.