FireMe!

Site rastreia profissionais que reclamam de seus chefes e empregos no Twitter

Além de rastrear em tempo real, o FireMe! ainda traz o ranking das pessoas que têm as maiores chances de serem demitidas, pela intensidade dos seus tweets negativos

SÃO PAULO – Quem nunca ouviu histórias sobre pessoas que foram despedidas de seus trabalhos por publicarem comentários inapropriados nas redes sociais? Neste caso, o nível de desemprego pode aumentar consideravelmente após o site FireMe! (ou ‘Me Demita’, em português) ser lançado na versão inglês e português.

O site alemão consegue rastrear palavras relacionadas ao emprego emitidas pelo Twitter, caso os usuários da rede social reclamem de seus chefes, trabalhos e até façam ameaças aos respectivos gestores.

Através da plataforma, o internauta – possivelmente empregadores – pode procurar o desabafo dos profissionais por quatro sessões: “Maus Empregadores”, que mostra os tweets com críticas sobre os empregos, “Chefes Intragáveis”, reclamações sobre seus chefes, “O Chefe que se…”, tweets que começam com essa frase, e “Assassinos em Potencial”, que revela as inúmeras ameaças dos profissionais aos seus gestores.

PUBLICIDADE

O site ainda traz o ranking das pessoas que têm as maiores chances de serem demitidas, pelo número de tweets negativos sobre seu trabalho ou chefe.

Segundo o site, o objetivo é conscientizar os internautas do perigo da publicação de dados na Web. “A maioria das pessoas não sabe que na Internet: uma vez dito, nunca mais poderá voltar atrás”, descreveu.

Sobre a política de privacidade, os idealizadores do site explicam que todos os tweets disponíveis no site foram publicados primeiramente no Twitter. Caso o usuário queira retirar o desabafo do FireMe! basta contatar sua equipe.