Oportunidade

Siemens vai lançar programa de empregos para refugiados na Alemanha

O programa já teve início na fábrica da Siemens, em Erlangen, e deve ser implantado em outras sedes em diferentes regiões do país

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – A empresa alemã Siemens anunciou na última terça-feira (29) que vai lançar um programa de estágio para integrar refugiados na Alemanha. Segundo o Brasil Post, o programa vai oferecer 100 vagas de estágio extras na empresa, ensinar alemão e disponibilizar instalações para abrigar os refugiados. Além disso, a Siemens vai prestar serviços e doações num total de 2 milhões de euros.

“A Siemens e seus colaboradores já têm feito muito nas últimas semanas para ajudar a satisfazer as necessidades das pessoas que acabaram de chegar. Agora, nosso compromisso é contribuir em longo prazo para integrar essas pessoas no mercado de trabalho”, disse o CEO, Joe Kaeser.

O programa já teve início na fábrica da Siemens, em Erlangen, e deve ser implantado em outras sedes em diferentes regiões do país. Com início no ano que vem, o programa inclui treinamento profissional, aulas de alemão e tem duração de seis meses – ao final, alguns podem conquistar vagas permanentes na empresa. Além disso, os funcionários atuais da empresa poderão ajudar os refugiados em horário de trabalho sem que haja desconto de seu salário.

PUBLICIDADE